Queda nas vendas de veículos em 2014 foi a maior em 12 anos

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus caíram 7,1% em 2014 ante 2013

São Paulo - As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus caíram 7,1% em 2014 ante 2013, ao somarem 3.498.012 unidades, de acordo com balanço divulgado há pouco pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Apenas em dezembro do ano passado, os licenciamentos atingiram 370.028 unidades, altas de 25,6% em relação a novembro e de 4,6% na comparação com o mesmo mês de 2013. Em porcentual, foi a maior queda anual registrada pela indústria automobilística em 12 anos.

Também foi o segundo ano consecutivo de recuo das vendas. Em 2013, os emplacamentos de veículos já haviam caído 0,9% em relação ao ano anterior, após consecutivas altas desde 2004.

O resultado das vendas já tinha sido divulgado nessa terça-feira pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), com base no número de veículos emplacados.

Levando em conta apenas automóveis e comerciais leves, as vendas caíram 6,9% em 2014 ante 2013, ao somar 3.333.397 unidades, de acordo com a Anfavea. Em todo o ano passado, foram licenciados 2.504.161 milhões de automóveis e 829.236 mil comerciais leves no País.

Apenas em dezembro, foram comercializados 353.999 veículos automóveis e comerciais leves, o que representa avanços de 26,4% ante novembro e de 5,3% em relação a dezembro de 2013.

As vendas de caminhões, por sua vez, somaram 137.073 unidades no ano passado, 11,3% a menos do que em 2013. Só no último mês do ano, foram licenciadas 13.695 mil caminhões, alta 12,6% ante novembro e queda de 5% em relação a dezembro do ano anterior.

Já os licenciamentos de ônibus caíram 16,3% no ano passado ante 2013, ao somar 27.542 mil unidades. Desse total, 2.334 mil foram vendidos em dezembro, 0,3% a menos do que em novembro e 26,9% a menos do que em dezembro de 2013.

Automóveis e leves

A fatia de automóveis e veículos comerciais leves biocombustíveis (flex) ficou em 88,2% em 2014, patamar abaixo do verificado em 2013 (88,5%). Ao todo, os veículos flex somaram 2.940.508 milhões de unidades no ano passado, ante 3.169.111 milhões em 2013.

Apenas em dezembro do ano passado, a participação das vendas dos veículos flex foi de 89%, patamar acima tanto do registrado em novembro (88,6%) quanto do verificado em dezembro de 2013 (88,4%).

Empregos no setor

O setor automotivo encerrou dezembro de 2014 com 144.623 mil empregados, queda de 8,9% ante o fim de 2013 e de 1,1% na comparação com novembro.

Apenas o segmento de autoveículos registrou retração de 7,8% em 2014 em relação a 2013 no total de empregados, encerrando com 126.050 funcionários em dezemb ro do ano passado. Em relação a novembro, a queda foi de 1%.

O segmento de máquinas agrícolas, por sua vez, teve recuo de 15,4% no número de empregados em 2014 ante 2013, ao encerrar dezembro do ano passado com 18.573 trabalhadores. Isso representa recuo de 1,2% na comparação com novembro.

Exportações

As exportações em valores do setor automotivo brasileiro caíram 30,4% em 2014 ante 2013, ao totalizarem US$ 11,519 bilhões. Apenas em dezembro, as vendas externas de veículos somaram US$ 747,094 milhões, 18,4% a menos do que em novembro e baixa de 37,6% ante dezembro do ano anterior. Os valores consideram as exportações de autoveículos e máquinas agrícolas.

Em unidades, o ano de 2014 encerrou com total de 334.501 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus exportados, queda de 40,9% na comparação com 2013.

No ano passado foram exportados, 222.334 mil automóveis, 87.822 mil comerciais leves, 17.737 mil caminhões e 6.608 mil ônibus.

Apenas em dezembro, o total de veículos exportados foi de 23.720 mil unidades, 8,7% a menos do que em novembro e queda de 45,2% ante o mesmo mês do ano anterior.

Máquinas agrícolas

As vendas internas de máquinas agrícolas no atacado recuaram 17,4% em 2014 em relação a 2013. Em todo o ano passado, foram vendidas 68.516 unidades.

Desse total, 4.151 foram comercializadas em dezembro, baixas de 21,1% ante novembro e de 28,2% em comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Já a produção de máquinas agrícolas chegou a 82.414 unidades no ano passado, 17,9% a menos do que em 2013. Apenas no último mês do ano, foram produzidas 3.834 máquinas agrícolas, baixas de 38,1% em relação a novembro e de 40,9% ante dezembro do ano anterior.

As exportações de máquinas agrícolas em valores, por sua vez, caíram 20,7% em 2014 ante 2013, ao somarem US$ 2,818 bilhões.

Em dezembro, as vendas externas desses equipamentos totalizaram US$ 231,463 milhões, avanço de 10,9% na comparação com novembro, mas queda de 10,8% ante o mesmo mês de 2013.

O total de máquinas agrícolas exportadas chegou a 13.740 unidades em 2014, queda de 12,2% na comparação com 2013. Desse total, 800 equipamentos foram vendidos para fora do País em dezembro, 24% a menos do que no mês anterior e baixa de 31,9% ante dezembro de 2013.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também