MDIC: Brasil e Argentina podem ter acordo para regulação de veículos

Convergência regulatória, segundo secretário, envolve a definição de parâmetros similares para segurança veicular e emissões de gases poluentes
Carros: fábricas instaladas nos dois países podem passar a produzir de acordo com as mesmas normas (Joedson Alves/Reprodução)
Carros: fábricas instaladas nos dois países podem passar a produzir de acordo com as mesmas normas (Joedson Alves/Reprodução)
A
André Ítalo Rocha, do Estadão ConteúdoPublicado em 23/04/2018 às 16:07.

São Paulo - O secretário de Desenvolvimento e Competitividade Industrial do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Igor Calvet, afirmou nesta segunda-feira que Brasil e Argentina poderão fechar, em meados deste ano, um acordo para convergência regulatória no setor automotivo.

A convergência regulatória, segundo ele, envolve a definição de parâmetros similares para segurança veicular e emissões de gases poluentes, para que as fábricas instaladas nos dois países possam produzir de acordo com as mesmas normas. O assunto foi discutido entre os dois governos na semana passada. Uma próxima reunião está marcada para junho.

O acordo, disse o secretário, vai incluir um plano de ações, para detalhar de que forma se dará a convergência regulatória. As declarações de Calvet foram dadas durante apresentação em evento do setor automotivo em São Paulo, realizado pela editora AutoData.