Economia

Lufthansa cancela mais de 670 voos por greve

Os funcionários reivindicam aumento salarial

Aviões da Lufthansa: os aeroportos de Frankfurt e Munique foram afetados pelo movimento de greve organizado pelo sindicato Verdi
 (Peter Kneffel/AFP)

Aviões da Lufthansa: os aeroportos de Frankfurt e Munique foram afetados pelo movimento de greve organizado pelo sindicato Verdi (Peter Kneffel/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de março de 2013 às 09h20.

Frankfurt - A Lufthansa, principal companhia aérea da Alemanha, cancelou mais 670 voos previstos para esta quinta-feira na Europa em consequência de uma greve dos funcionários que trabalham nos aeroportos alemães, antes das negociações salariais.

Os aeroportos de Frankfurt e Munique, os dois principais "hubs" (centros de conexões) da Lufthansa, foram afetados pelo movimento de greve organizado pelo sindicato Verdi, assim como os de Berlim, Hamburgo, Düsseldorf e Colonia.

A companhia decidiu cancelar quase todos os voos na Alemanha e Europa previstos entre as 5H00 locais (1H00 de Brasília) e 12h00 (8h00 de Brasília) nos aeroportos afetados pela greve.

Acompanhe tudo sobre:AviaçãoAviõescompanhias-aereasEmpresasEmpresas alemãsGrevesLufthansaTransportesVeículos

Mais de Economia

‘Problema dos gastos no Brasil não é ter os pobres no Orçamento’, diz Simone Tebet

Plano Real, 30 anos: Gustavo Loyola e as reformas necessárias para o Brasil crescer

Governo sobe previsão de déficit de 2024 para R$ 28,8 bi, com gastos de INSS e BPC acima do previsto

Mais na Exame