• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Inflação é problema econômico número 1 dos EUA, diz secretária do Tesouro

Janet Yellen falou também sobre o lançamento de um relatório recente sobre potenciais riscos à estabilidade financeira dos EUA
 (Reuters/Christopher Aluka Berry)
(Reuters/Christopher Aluka Berry)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 12/05/2022 12:36 | Última atualização em 13/05/2022 10:27Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, afirmou nesta quinta-feira, 12, que a inflação "é o problema número 1" neste momento para o país. Durante audiência do Comitê de Estabilidade Financeira, da Câmara dos Representantes, ela reafirmou o compromisso do governo do presidente Joe Biden na busca por medidas a fim de ajudar a conter o quadro, como atuar para ajudar a reparar problemas nas cadeias de produção.

Janet Yellen falou também sobre o lançamento de um relatório recente sobre potenciais riscos à estabilidade financeira dos EUA.

Segundo ela, o sistema financeiro do país "continua a funcionar de modo ordenado".

Ao mesmo tempo, a autoridade disse que os EUA continuarão a coordenar suas ações para responder à guerra na Ucrânia, entre elas as sanções à Rússia por causa do ataque ao vizinho.

VEJA TAMBÉM: 

EUA supera um milhão de mortes por covid-19

Direito ao aborto: republicanos bloqueiam votação no Senado dos EUA

Inflação anual dos EUA fica em 8,3% em abril, com leve desaceleração