Goldman Sachs revisa previsão de crescimento do PIB do Brasil para 5,5%

O banco disse que a projeção considera um cenário sem escassez no fornecimento de energia e com redução dos gargalos na cadeia de fornecimento

O Goldman Sachs elevou acentuadamente nesta terça-feira sua previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2021, para 5,5%, ante 4,6% anteriormente, uma das perspectivas mais altas para a maior economia da América Latina.

  • A pandemia mostrou que a inovação será cada dia mais decisiva para seu negócio. Encurte caminhos, e vá direto ao ponto com o curso Inovação na Prática

O banco disse que a projeção considera um cenário sem escassez no fornecimento de energia e com redução dos gargalos na cadeia de fornecimento, bem como uma melhora na situação da Covid-19.

Em comentário após a divulgação de dados do PIB do primeiro trimestre, o chefe de pesquisa econômica do Goldman Sachs para a América Latina, Alberto Ramos, disse: "Esperamos que a economia se recupere visivelmente nos próximos trimestres, em conjunto com o progresso da vacinação contra a Covid, uma reabertura gradual da economia, estímulo fiscal renovado (e) recuperação da confiança do consumidor e das empresas".

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também