Em anúncio inesperado, BC da Suíça promove 1ª alta de juros desde 2007

Economistas consultados pelo The Wall Street Journal esperavam que o juro básico ficasse inalterado
Suíça: Banco Central não poderá descartar mais aumentos de juros no "futuro previsível" para estabilizar a inflação (Wikimedia Commons/Wikimedia Commons)
Suíça: Banco Central não poderá descartar mais aumentos de juros no "futuro previsível" para estabilizar a inflação (Wikimedia Commons/Wikimedia Commons)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 16/06/2022 08:34 | Última atualização em 16/06/2022 08:34Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O Banco Central da Suíça (SNB, pela sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira, 16, um inesperado aumento de juros, o primeiro desde setembro de 2007. O SNB elevou sua principal taxa de juros em 50 pontos-base, de -0,75% a -0,25%, numa tentativa de conter a inflação doméstica.

Economistas consultados pelo The Wall Street Journal esperavam que o juro básico ficasse inalterado.

A inflação anual suíça acelerou para 2,9% em maio, atingindo o maior nível em mais de uma década.

Em comunicado, o SNB disse que não poderá descartar mais aumentos de juros no "futuro previsível" para estabilizar a inflação.

*Com informações da Dow Jones Newswires