Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Dia das Crianças está 7% mais caro neste ano, diz FGV

Fundação Getúlio Vargas pesquisou produtos e presentes ligados ao mundo infantil

Modo escuro

Continua após a publicidade
Inflação dos brinquedos: as bonecas estão mais caras e os videogames, mais baratos (Giulio Marcocchi /Getty Images)

Inflação dos brinquedos: as bonecas estão mais caras e os videogames, mais baratos (Giulio Marcocchi /Getty Images)

L
Luís Artur Nogueira

Publicado em 7 de outubro de 2011 às, 16h27.

São Paulo – A inflação de produtos e serviços ligados ao Dia das Crianças segue a mesma tendência de alta observada na maioria dos setores da economia.

Levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que, em média, os preços referentes ao universo infantil subiram 6,98%. No mesmo período, a inflação geral ao consumidor medida pelo IPC/FGV ficou em 7,14%.

Dos 19 itens pesquisados pelo economista André Braz, seis tiveram deflação e três apresentaram variação superior a 10% (veja quadro abaixo). É possível notar que as altas estão concentradas no setor de serviços, enquanto os produtos eletrônicos registram queda nos preços.

Nesta sexta-feira, o IBGE divulgou o índice oficial de inflação, que acumula alta de 7,31% em 12 meses.

Itens Inflação em 12 meses
Fonte: FGV
IPC-BR/FGV 7,14%
Inflação média das crianças 6,98%
Sanduíches 11,30%
Boneca 10,99%
Roupas infantis 10,94%
Refrigerante fora de casa 9,94%
Teatro 9,86%
Sorvete fora de casa 8,71%
Circo, Parque de Diversão e Patinação 8,41%
Show musical 6,68%
Doces e Salgados 6,48%
Cinema 5,81%
Calçados infantis 4,52%
Jogo para recreação 3,10%
Excursão e Tour 2,35%
Computador e Periféricos -2,75%
Bicicleta -2,87%
Televisor em cores -7,09%
Aparelho telefônico celular -8,99%
Aparelho de vídeogame -10,56%
Bola de futebol, vôlei e basquete -18,64%

Últimas Notícias

Ver mais
Fitch corta previsão de crescimento do Brasil em 2023 para 3,0%, mas eleva para 2024 a 1,5%

Economia

Fitch corta previsão de crescimento do Brasil em 2023 para 3,0%, mas eleva para 2024 a 1,5%

Há 6 horas

Fitch eleva previsões para PIB dos EUA e já não mais espera uma recessão em 2024

Economia

Fitch eleva previsões para PIB dos EUA e já não mais espera uma recessão em 2024

Há 6 horas

UE: Dombrovskis afirma que está confiante em acordo sobre novas regras fiscais ainda em 2023

Economia

UE: Dombrovskis afirma que está confiante em acordo sobre novas regras fiscais ainda em 2023

Há 7 horas

Redução do preço do diesel anunciada pela Petrobras chega às bombas; veja valor

Economia

Redução do preço do diesel anunciada pela Petrobras chega às bombas; veja valor

Há 8 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Lead Energy quer reduzir R$ 1 bi na conta de luz dos brasileiros até 2027

Lead Energy quer reduzir R$ 1 bi na conta de luz dos brasileiros até 2027

Ceará deve se tornar um dos maiores produtores do combustível do futuro

Ceará deve se tornar um dos maiores produtores do combustível do futuro

“O número de ciberataques tem crescido 20% ao ano”, diz a Huawei

“O número de ciberataques tem crescido 20% ao ano”, diz a Huawei

“A geração de energia caminha lado a lado com o desenvolvimento econômico”, diz Paulo Câmara

“A geração de energia caminha lado a lado com o desenvolvimento econômico”, diz Paulo Câmara

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais