Desemprego na Espanha baixou em 69 mil pessoas em 2013

Número de desempregados na Espanha caiu em 69 mil pessoas em 2013, até 5.896.300, e a taxa de desemprego ficou em 26,03% da população ativa

Madri - O número de desempregados na Espanha caiu em 69 mil pessoas em 2013, até 5.896.300, e a taxa de desemprego ficou em 26,03% da população ativa, segundo dados da Pesquisa de População Ativa (EPA), publicada nesta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os números representam a primeira queda anual de desempregados desde 2007. No entanto, no ano passado ainda houve destruição de emprego, já que 2013 fechou com 198.900 ocupados a menos, e o total de trabalhadores caiu para 16.758.200 pessoas, com uma taxa de atividade de 59,43% da população ativa.

No quarto trimestre, o desemprego caiu em 8.400 pessoas, enquanto a ocupação diminuiu em 65 mil pessoas.

O desemprego caiu em todos os setores, mas com maior impacto nos serviços, com 163 mil pessoas sem trabalho a menos, seguido da construção (86.400), indústria (53.100) e agricultura (19.000).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.