BNDES vai manter condições de financiamento para leilão

Previsto para acontecer em 23 de setembro, o leilão contratará energia proveniente de hidrelétricas e de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs)

São Paulo - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira a manutenção das condições de financiamento para investimentos dos vencedores do 10º Leilão de Energia de Reserva.

Previsto para acontecer em 23 de setembro, o leilão contratará energia proveniente de hidrelétricas e de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs).

"A divulgação antecipada das condições de apoio permite aos participantes do leilão dimensionar melhor seus custos, com base nos juros e prazos definidos para o financiamento", afirmou o BNDES, em nota.

O valor mínimo do financiamento será de 20 milhões de reais. A participação máxima do BNDES será de 70 por cento dos itens financiáveis, com prazo de amortização de até 20 anos. O

juro será a TJLP, taxa mais barata do mercado, hoje de 7,5 por cento ao ano. À ela é acrescida a remuneração do BNDES, de 1,5 por cento ao ano, e a taxa de risco de até 3,37 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.