Você e o Dinheiro – 4 anos

O post de hoje é diferente. Desta vez, não vou abordar nenhum tópico de finanças, economia ou comportamento. O post de hoje é sobre o próprio blog. Hoje, dia 14 de outubro de 2015, o blog “Você e o Dinheiro” está completando quatro anos de existência. Tudo começou em 14 de outubro de 2011 com o artigo “Um plano para 2012: planejar menos”, um artigo sobre os infames “planos financeiros […] Leia mais
V
Você e o Dinheiro

Publicado em 14/10/2015 às 11:35.

Última atualização em 24/02/2017 às 07:53.

O post de hoje é diferente. Desta vez, não vou abordar nenhum tópico de finanças, economia ou comportamento. O post de hoje é sobre o próprio blog.

Hoje, dia 14 de outubro de 2015, o blog “Você e o Dinheiro” está completando quatro anos de existência. Tudo começou em 14 de outubro de 2011 com o artigo “Um plano para 2012: planejar menos”, um artigo sobre os infames “planos financeiros de ano novo” que, apesar dos quatro anos de idade, continua extremamente atual (aliás, eu poderia simplesmente trocar “2012” por “2016” no título e republicá-lo…).

Desde então, quatro anos se passaram e o blog foi ganhando uma “cara” própria ao longo desse processo. Quem acompanha desde o começo percebeu essa evolução: no começo era um blog de finanças um pouco mais hardcore, que refletia o meu (então recente) passado profissional como trader de bolsa de valores. Hoje, eu vejo o “Você e o Dinheiro” como um blog de comportamento com “ênfase em finanças”.

O blog evoluiu e, espero, continuará evoluindo. Muitas mudanças deverão acontecer no futuro – porém, uma coisa não deve mudar: o foco no indivíduo.

O nome do blog é “Você e o Dinheiro”, e não é por acaso que o “você” vem antes do “dinheiro”. Às vezes, o blog até desvia um pouco das finanças, “flertando” com áreas como economia, empreendedorismo, carreira e até estilo de vida, mas sempre com foco no indivíduo… sempre com foco em VOCÊ.

São poucas as vezes em que o blog aborda questões “macro” e “coletivas”. Assuntos nessa linha deverão continuar sendo uma exceção. Aqui o individual é que “manda”.

Eu quero agradecer a você, leitor, pelo apoio, pela audiência e pelos feedbacks. Os canais de comunicação estão permanentemente abertos às suas críticas, sugestões e comentários.

Quero também agradecer à equipe do Portal EXAME pelo apoio, pela ajuda e pela paciência.

Mais uma vez, obrigado a VOCÊ (a razão da existência deste blog) e espero que me aguente por mais quatro anos!  :)))))))