Mesmo com bons resultados, a jornada de diversidade continua

Em 2021, o Grupo Cia de Talentos, a Cia de Experts e a startup Bettha.com trabalharam 86% mais vagas de diversidade do que em 2020
 (Klaus Vedfelt/Getty Images)
(Klaus Vedfelt/Getty Images)
Por Sofia EstevesPublicado em 08/02/2022 21:13 | Última atualização em 08/02/2022 21:13Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Quero compartilhar algumas informações com vocês que me encheram de alegria, não só por estarem relacionadas com a missão de formar e desenvolver jovens talentos para o mercado de trabalho, mas por mostrarem um avanço na pauta da diversidade — especialmente no que diz respeito à questão racial.

Em 2021, o Grupo Cia de Talentos, a Cia de Experts e a startup Bettha.com trabalharam 86% mais vagas do que em 2020. Do total de postos de trabalho ocupados por pessoas pretas e pardas no ano passado, o número chegou a ser 150% maior do que em 2020, ano que já tinha apresentado um aumento de 118% em relação a 2019.

As ações de desenvolvimento e capacitação para inclusão de grupos minorizados também cresceram exponencialmente — em 2021, a nossa área de desenvolvimento capacitou 4.394 jovens e líderes para 46 grandes empresas.

São números para serem comemorados, pois representam uma conquista coletiva rumo a um mundo mais justo, um mundo que entende que há desigualdade e que, portanto, é necessário fazer esforços ativos e conscientes para corrigi-la. Mas atenção: bons resultados não significam que a jornada acabou.

Quando olhamos para dados como esses, podemos ter a falsa sensação de que o desafio foi cumprido. Que tudo está bem e que agora devemos focar em outra questão.

Porém, entendo que o caminho ainda é longo para chegarmos à equidade no Brasil, seja de gênero, seja racial, seja relacionada à orientação sexual e tantas outras. Mais do que isso: entendo que a jornada da diversidade e inclusão nunca acaba. Esse é um assunto que precisa estar sempre no nosso radar!

Isso significa que, tão importante quanto alcançar maior diversidade entre os jovens contratados para os cargos de entrada, é batalhar pela representatividade de mulheres, negros, pessoas LGBTQIA+, PcDs, 50+ e outros grupos na camada da liderança, da média gestão ao C-level. Uma diversidade que percorre toda a estrutura da empresa!

Só assim chegaremos à equidade em um prazo mais curto — afinal, se formos esperar os estagiários, trainees e talentos no começo de carreira chegarem até esses cargos, o processo vai levar anos.

Olhar para essa realidade também ajuda a refletir sobre a importância de investir na capacitação de quem já está dentro das empresas. Me refiro àqueles profissionais experientes, que conhecem a cultura e o dia a dia da sua organização, mas que precisam de apoio para se desenvolverem e superarem o gap educacional.

Essa, aliás, é uma questão urgente quando consideramos o grande impacto que a pandemia teve não só na qualidade do ensino e no processo de aprendizado, mas no acesso à educação. Não se trata de fazer caridade, de uma boa ação.

As empresas devem investir na formação dessas pessoas porque a falta de conhecimento, veja bem, não é consequência da falta de vontade, e sim da falta de oportunidades. E trabalhar em prol da equidade significa também tentar reverter esse tipo de desigualdade.

Foi por isso que, em 2021, o Grupo Cia de Talentos lançou o Protagoniza Aí em parceria com a Faculdade Descomplica. O projeto ofereceu mais de 1.000 bolsas de estudos, 100% gratuitas, de graduação e pós-graduação, para pessoas pertencentes a grupos diversos.

Destas, 82% das bolsas foram destinadas a pessoas em vulnerabilidade socioeconômica, 64% a pessoas pretas, pardas e indígenas, 38% ao público LGBTQ+, 11% a pessoas com deficiência e 7% a pessoas com mais de 50 anos. Além das bolsas, todos os alunos passam por treinamentos de soft skills e orientação de carreira com a Cia de Talentos.

Outras ações de desenvolvimento de competências com grandes empresas foram importantes para essa jornada que, como vocês devem ter percebido, é coletiva. E essa é uma dica importante: para avançar na questão da diversidade e inclusão, se cerque de parceiros e profissionais verdadeiramente engajados no tema.

Conseguiremos dar passos maiores — e celebrar mais resultados — se percorrermos essa trilha juntos! Uma trilha na qual os bons resultados não são um ponto final, mas um sinal de que estamos no caminho certo rumo a um mundo mais justo.

 

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.

 

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.