Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Continua após a publicidade

'Never give up on the good times'

Ano novo é sinônimo de renovação, novas oportunidades e o começo de um novo ciclo

 (Martha Leonardis/Reprodução)
(Martha Leonardis/Reprodução)
M
Martha Leonardis — A Arte de se Relacionar

Publicado em 27 de dezembro de 2022 às, 10h36.

Ano novo é sinônimo de renovação, novas oportunidades e o começo de um novo ciclo. Costumo dizer que essas mensagens motivacionais são sempre clichês, mas peço para você, leitor, tirar um momento de reflexão. Todo final de ano gosto de tirar um tempo para fazer uma retrospectiva.

Não podemos voltar no tempo e refazer um começo, mas você já parou para pensar que pode começar de novo a partir de agora? Toda virada de ano é uma oportunidade para recomeçar. Aliás, todos os dias, ao acordar, você pode ser uma versão ainda melhor do seu eu anterior. No meu aniversário desse ano, fiz um post nas minhas redes sociais sobre isso. Eu estou aqui para me tornar a minha melhor versão e serei minha eterna companhia, até os meus últimos dias. Ou seja, preciso sempre me esforçar para ser a minha maior inspiração, para continuar acordando cedo todos os dias, trabalhando e batalhando pela Martha dos próximos 30, 40, 50 anos que estão por vir.

Você está feliz com o seu “eu” de hoje? Você é motivo de orgulho para você mesmo ou para aqueles que te rodeiam? Recomeçar significa sair da zona de conforto e ir buscar novos hábitos, pois ninguém vai fazer isso por você. No livro, O Poder do Hábito, Charles Duhigg explica que para algo se tornar um hábito é necessário repeti-lo ou fazê-lo por 30 dias seguidos e, para se tornar um estilo de vida, serão necessários 90 dias. É essencial ter força de vontade, e já aviso de antemão que nunca é fácil, sempre exige renúncias, mas acredito que ao querer ressignificar o seu eu interior tudo é possível.

Não existe receita milagrosa para atingirmos nossas metas e objetivos, mas existem alguns fatores que podem nos ajudar, como: constância, disciplina, talento e networking. Por isso essas reflexões são tão importantes, nos ajudam a entender o que nos impulsionou a atingir o sucesso e onde, no meio da nossa jornada de sucesso, erramos. Errei? Com certeza, afinal sou humana e continuo errando, mas o mais importante é aprender com isso e não deixar que isso me impeça de atingir as metas que vou estabelecer a partir de agora.

No ano de 2022 conquistei muitas coisas que nem imaginava no final de 2021, e assim será no próximo ano. Estou olhando para minha listinha do final do ano passado e confesso que estou dando risada. A vida é cheia de imprevistos, reviravoltas, e nesses 365 dias nem tudo aconteceu como imaginei, mas a Martha de 1 ano atrás não fazia ideia dos sonhos e das oportunidades que bateriam em sua porta. Talvez isso seja uma das coisas que eu mais gosto sobre recomeços, podemos nos reinventar a qualquer momento, podemos sonhar e acreditar que chegaremos lá.

Não tem regra, use esse momento para puxar um papel e caneta e comece a escrever quem será o seu eu do próximo ano que está por vir.

Por fim, desejo a todos um excelente recomeço e que, como o título acima diz: nunca desista dos bons tempos.

Boas festas e um bom ano a todos!