Pânico no mercado de criptomoedas

“Os compradores de criptomoedas que costumavam “segurar/manter” suas posições sem intenção de vendê-las no curto prazo, já não experimentam ..."
I
Investidor em Ação

Publicado em 02/02/2018 às 10:54.

Última atualização em 03/02/2018 às 08:06.

“Os HODL já não experimentam mais o sentimento de FOMO e estão se livrando rapidamente de suas posições nas principais criptomoedas e altcoins, uma vez que, nesse momento, prevalece o FUD e, agora, aqueles que acham que o mercado está errado, gritam desesperadamente para quem quiser ouvir: BTFD!!!”.

Ficou um pouco complicado entender o significado do texto acima, não? Provavelmente porque você não é um dos iniciados nesse mercado. Então, segue aqui a explicação dos termos utilizados, conforme o site smallcapacia.com em

https://www.smallcapasia.com/what-is-fud-hodl-or-fomo-in-cryptocurrency-lingo-find-out-more-here/

HODL: A misspelling of ‘hold’ that stuck around to mean ‘keep’. A crypto trader who buys a coin and does not see himself selling in the foreseeable future is called a hodler of the coin

FOMO: Short form for ‘fear of missing out’. The feeling when you see a huge green dildo on a chart and you don’t own that coin, so you sell other shit to buy into it freaking out. As crypto trading is still very much driven by emotions rather than valuation, FOMO is a huge factor to consider when swing trading in crypto.

FUD: Short form for ‘fear, uncertainty and doubt’. Usually used in the form of “xxx spreading FUD again.”

BTFD: “Buy The Fucking Dip” – When people are running around and selling because of fear, this is the time to buy.

Para resumir, o que eu quis dizer por meio da linguagem cifrada desse mercado foi:

“Os compradores de criptomoedas que costumavam “segurar/manter” suas posições sem intenção de vendê-las no curto prazo, já não experimentam mais o sentimento de “medo da perda de oportunidade” de não comprá-las, uma vez que, nesse momento, prevalece o “medo, incerteza e dúvida” e, agora, aqueles que acham que o mercado está errado, gritam desesperadamente para quem quiser ouvir: "Comprem na por... da baixa"!!!”