Funcionário empreendedor é sinônimo de inovação

Empreender não é sinônimo de que o empregado vai embora abrir o seu negócio
As vantagens de se tornar um funcionário empreendedor é que existe a possibilidade de você permanecer na empresa sempre experimentando novas funções (AzmanL/Getty Images)
As vantagens de se tornar um funcionário empreendedor é que existe a possibilidade de você permanecer na empresa sempre experimentando novas funções (AzmanL/Getty Images)
C
Cris Arcangeli — Empreender LibertaPublicado em 24/06/2021 às 09:10.

Por: Cris Arcangeli

Minha conversa agora é sobre a relação entre funcionários e empresas. Você, líder, consegue enxergar um funcionário com perfil empreendedor? Um funcionário empreendedor é aquele colaborador que pensa no negócio como se fosse dele. Ele cuida, ele se esforça, ele tem visão sobre a atividade dele e da empresa e está sempre dando o seu melhor.

O funcionário empreendedor está longe daquele modelo clássico de funcionário que às 18h só pensa em ir embora e CHEGA! Na hora livre sabe o que esse funcionário “comum” faz? Pensa em outro trabalho. Sabe o que o funcionário empreendedor faz? Ele debruça em cima da sua atuação e pesquisa, estuda, troca conhecimento com outros profissionais. Ele evolui.

O mundo tornou-se muito dinâmico e rápido e cada vez mais repleto de especialistas. Esse funcionário empreendedor ele observa sua área de forma mais objetiva, ele se dedica e traz essa informação para dentro da empresa com uma performance diferenciada do trabalho dele. Ele não só cumpre ordem ele pensa no crescimento da empresa em escala. Se a empresa ganha, ele ganha também.

Inovação no DNA

O colaborador empreendedor inspira e expira inovação. Ele desenvolve mais caminhos, alternativas e soluções para o cargo que ocupa, tal como para empresa de forma geral. Ser empreendedor não significa, necessariamente, ser dono. E ser dono também não quer dizer que tem espírito de empreendedor. Se não tem inovação, o seu trabalho morre, a função morre e até empresa para.

Para os líderes de equipes

Empreender não é sinônimo de que o empregado vai embora abrir o seu negócio. Empresas que desenvolvem o empreendedorismo “dentro de casa” não ficam para atrás. Elas cultivam a retenção de talentos, inovam o tempo inteiro e abrem novas frentes de negócio.

Torne sua gestão um ambiente competitivo saudável e de desenvolvimento profissional para todo mundo. As ideias vão surgir, as equipes vão engajar e, consequentemente, os resultados vão espelhar esse trabalho.

Funcionário empreendedor cresce com o negócio

As vantagens de se tornar um funcionário empreendedor é que existe a possibilidade de você permanecer na empresa sempre experimentando novas funções. E, claro, aí a promoção vem, né? Todo mundo lucra. Estudar e se capacitar são as palavras de ordem para o que também chamamos de intraempreendedorismo.

Se você é gestor, eu tenho certeza de que leu este texto já pensando em alguns nomes dentro da sua empresa! E você, colaborador, o que você chama de ousadia dentro da empresa eu chamo de empreendedorismo.