Acompanhe:

Moderna inicia testes em humanos para vacina contra o vírus HIV

Medicamento usa tecnologia mRNA, a mesma utilizada no imunizante contra a Covid-19; primeiros voluntários receberam doses nesta quinta-feira

Modo escuro

Continua após a publicidade
Moderna: O imunizante contra o HIV é desenvolvido em parceria com a Iniciativa Internacional pela Vacina da Aids (IAVI) e o Scripps Research Institut (DeFodi Images / Colaborador/Getty Images)

Moderna: O imunizante contra o HIV é desenvolvido em parceria com a Iniciativa Internacional pela Vacina da Aids (IAVI) e o Scripps Research Institut (DeFodi Images / Colaborador/Getty Images)

A
Agência O Globo

Publicado em 27 de janeiro de 2022 às, 21h54.

Última atualização em 27 de janeiro de 2022 às, 21h54.

A farmacêutica Moderna anunciou nesta quinta-feira que iniciou os testes em humanos para uma vacina contra o vírus HIV. O ensaio clínico está em fase 1 e é realizado nos Estados Unidos, com a participação de 56 voluntários saudáveis que são HIV negativos.

As primeiras pessoas do grupo de voluntários já começaram a receber suas doses na Escola de Medicina e Ciências da Saúde da Universidade George Washington, na capital americana.

A nova vacina usa mRNA, ou RNA mensageiro, que ensina as células do corpo a produzir proteínas que desencadeiam respostas imunes. Trata-se da mesma tecnologia utilizada na bem-sucedida vacina contra a Covid-19 da Moderna.

O imunizante contra o HIV é desenvolvido em parceria com a Iniciativa Internacional pela Vacina da Aids (IAVI) e o Scripps Research Institute, nos Estados Unidos.

— Estamos tremendamente entusiasmados por avançar nesta nova direção no projeto de vacinas contra o HIV com a plataforma de mRNA da Moderna — disse Mark Feinberg, presidente e CEO da IAVI, em um comunicado.

Cerca de 38 milhões de pessoas em todo o mundo têm o HIV, que pode levar à AIDS. Quando foi descoberta, no início dos anos 1980, a doença provocou pânico porque, naquela época, o diagnóstico era considerado quase uma sentença de morte.

Naquela altura, os pacientes eram vítimas de preconceito, principalmente porque a maior parte da população desconhecia as formas de transmissão e prevenção. Desde então, o tratamento de doentes evoluiu e muitas pessoas infectadas pelo vírus conseguem viver longamente e sem complicações.

No entanto, apesar de décadas de pesquisa, nenhuma vacina foi desenvolvida.

— A busca por uma vacina contra o HIV tem sido longa e desafiadora, e ter novas ferramentas em termos de imunógenos e plataformas pode ser a chave para fazer progressos rápidos em direção a uma vacina eficaz e urgentemente necessária — acrescentou Feinberg.

Últimas Notícias

Ver mais
Empresa privada americana tentará pousar na Lua nesta quinta-feira
Ciência

Empresa privada americana tentará pousar na Lua nesta quinta-feira

Há 14 horas

Astrônomos descobrem buraco negro que engole um Sol por dia e é 500 trilhões de vezes mais brilhante
Ciência

Astrônomos descobrem buraco negro que engole um Sol por dia e é 500 trilhões de vezes mais brilhante

Há 18 horas

Terapia contra câncer aprovada nos EUA usa célula do corpo como "droga viva"
Ciência

Terapia contra câncer aprovada nos EUA usa célula do corpo como "droga viva"

Há 20 horas

Empresa privada mostra primeiras imagens transmitidas por sonda que irá pousar na Lua
Ciência

Empresa privada mostra primeiras imagens transmitidas por sonda que irá pousar na Lua

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais