Acompanhe:

O crescimento do mercado de luxo tem sido impulsionado por experiências de luxo, estilo de vida e hospitalidade, com destaque para vendas em carros. Além disso, prevê-se um aumento no investimento em produtos de luxo, particularmente artigos de couro e relógios, como uma classe de ativos alternativa.

A avaliação sobre o momento atual do mercado de luxo é de Fflur Roberts, diretora na consultoria Euromonitor International da divisão chamada de luxury goods, uma categoria ampla que inclui itens de uso pessoal, vinhos finos, espumantes e destilados, carros e experiências. Confira a entrevista a seguir.

O que tem contribuído para o crescimento do mercado de luxo?

As vendas globais atingiram os níveis pré-pandemia já no fim de 2022. O crescimento do mercado de luxo tem sido impulsionado por experiências de luxo, estilo de vida e hospitalidade. Além disso, prevê-se um aumento no investimento em produtos de luxo, particularmente artigos de couro e relógios, como uma classe de ativos alternativa. Esse contínuo crescimento se deve em grande parte à região da Ásia-Pacífico, predominantemente China, e aos Estados Unidos. Mas a recuperação nas diferentes regiões é desigual e permanece incerta, devido a questões como o aumento das taxas de juros e inflação, problemas na cadeia de suprimentos, a crise do custo de vida e a guerra na Ucrânia.

Esse mercado deve continuar a crescer nos próximos anos?

Indiscutivelmente, o mercado de luxo demonstrou uma notável resiliência no cenário econômico em evolução. Apesar das adversidades desencadeadas pela pandemia e da contínua crise do custo de vida, o setor de luxo demonstrou sua adaptabilidade e capacidade de prosperar em meio à incerteza. Um fator significativo que continuará impulsionando as vendas no mercado de luxo é a forte demanda dos consumidores de alta renda, que enfrentaram os desafios econômicos e testemunharam um crescimento substancial em suas posições financeiras, especialmente nos mercados emergentes. A expectativa é a de que eles continuem a manter seu padrão de consumo.

A força dos países emergentes

Que setores no mercado de luxo têm ganhado destaque?

Carros de luxo e bens pessoais de luxo continuam a representar a maior parte das vendas globais em 2023, com 50% e 30%, respectivamente. Mas a velocidade de recuperação após a pandemia nas principais categorias de luxo permanece variada. Os consumidores continuam a buscar experiências reais que sejam únicas, autênticas e sustentáveis.

Que países ou regiões têm ganhado destaque no mercado de luxo?

As economias emergentes continuam a se expandir e representarão a maior parte do crescimento econômico global nos próximos 15 a 20 anos. As oportunidades de expansão de negócios em bens de luxo e hospitalidade a longo prazo provavelmente serão encontradas na região da Ásia-Pacífico, América Latina, Oriente Médio e África. O aumento de renda disponível e riqueza também trará novas oportunidades para esses mercados. Apesar das preocupações com a inflação em países emergentes e em desenvolvimento, muitos líderes no setor de luxo e moda têm buscado crescimento nesses mercados. Isso se deve às enormes oportunidades que oferecem, graças ao potencial per capita ainda não explorado, ao aumento de renda disponível e à expansão geral da riqueza, especialmente entre os jovens consumidores da classe média urbana. Na verdade, até 2040, cinco das dez principais economias globais serão mercados emergentes, e nos próximos 15 a 20 anos representarão a maior parte do crescimento econômico global.

As marcas de luxo estão preocupadas em expandir seus produtos para outros públicos ou o foco continua principalmente em clientes de alta renda?

O crescimento em toda a indústria de luxo se deve muito à transição para o varejo online e ao comércio eletrônico. As marcas de luxo têm sido muito ativas na adoção de vias digitais, criando ambientes virtuais favoráveis, exposições online interativas e serviços personalizados para cativar os consumidores. Essa transformação no espaço digital permitiu às marcas manter conexões com seus clientes durante o confinamento e ampliou seu alcance global, criando assim um público mais extenso e diversificado.

Leia também: 50 Best: A Casa do Porco é 4º melhor restaurante da América Latina. Peruano fica em 1º; veja lista

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
General Motors lança SUV elétrico Cadillac Lyriq na Europa em aposta no mercado de luxo
Casual

General Motors lança SUV elétrico Cadillac Lyriq na Europa em aposta no mercado de luxo

Há 12 horas

Praia, cidade ou montanha: três carros ideias para a sua próxima viagem
Casual

Praia, cidade ou montanha: três carros ideias para a sua próxima viagem

Há 13 horas

BYD lança seu carro mais caro, de R$ 1,1 milhão, para concorrer com Ferrari e Lamborghini
Casual

BYD lança seu carro mais caro, de R$ 1,1 milhão, para concorrer com Ferrari e Lamborghini

Há 13 horas

Jato brasileiro é queridinho dos milionários e o mais vendido do mundo
Casual

Jato brasileiro é queridinho dos milionários e o mais vendido do mundo

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais