Acompanhe:
seloCarreira

Stone abre nova edição de seu maior programa de recrutamento

O programa que já resultou em mais de 300 contratações só esse ano traz grandes melhorias na experiência do candidato

Modo escuro

Continua após a publicidade
Livia Kuga, responsável pelo programa Recruta Stone, e vencedora da edição do primeiro semestre de 2021, Luiza Dias (na tela), que hoje está na equipe de Marketing da Ton (Stone/Divulgação)

Livia Kuga, responsável pelo programa Recruta Stone, e vencedora da edição do primeiro semestre de 2021, Luiza Dias (na tela), que hoje está na equipe de Marketing da Ton (Stone/Divulgação)

L
Luísa Granato

Publicado em 2 de agosto de 2021 às, 12h12.

Última atualização em 3 de agosto de 2021 às, 19h23.

A Stone abre inscrições nesta segunda-feira, 2, para a segunda edição do Recruta Stone em 2021, a 14ª do programa de recrutamento sem pré-requisitos.

Embora apenas poucas pessoas sejam vencedoras do programa, o processo é a principal porta de entrada da empresa. Na edição no início de 2021, foram pouco mais de 300 contratados ao longo do programa.

No ano passado, foram 100 mil inscritos e mais de 800 contratados. Qualquer pessoa pode se inscrever, pois não há requisitos como inglês, idade, curso ou até diploma.

Com essa característica peculiar para atrair talentos, a edição atual traz algumas novidades para trazer agilidade e melhorar a experiência dos candidatos.

As etapas iniciais, sem interação com os funcionários da Stone, serão às cegas. A principal mudança aí será a retirada da apresentação por vídeo dos candidatos.

Livia Kuga, responsável pelo Recruta Stone, explica as mudanças no programa como formas de reforçar a cultura da Stone e ainda garantir o conforto dos candidatos, permitindo maior autenticidade em sua participação.

“Para os profissionais, [o vídeo] não é uma experiência tão positiva. E não queremos que as pessoas sejam selecionadas por coisas que não sejam as competências que buscamos com nossa cultura de inteligência, energia e integridade”, diz.

Depois disso, mais uma mudança: etapa seguinte acontecerá em três dias. Os candidatos passarão por uma maratona junto com os funcionários da empresa.

Os dias vão se dividir em:

  • Dia 1: Dinâmica e feedback
  • Dia 2: Entrevista 1 e feedback
  • Dia 3: Entrevista 2 e feedback

“Sou uma grande defensora da experiência dos candidatos. Cada negativa ou indiferença, não dar nenhum feedback, vai deixando a pessoa mais desmotivada. Para mim, a questão de dar feedback é um respeito. Se a pessoa investiu horas da vida dela com você, dar o retorno é o mínimo”, afirma Kuga.

E a novidade mais impactante do programa é que os candidatos aprovados serão contratados logo na sequência das entrevistas. E então, todos participarão de uma imersão de dois meses para aprofundar suas competências com aulas, mentoria e um projeto para executar.

“Essa será a grande troca do programa. Já dentro da empresa, a pressão é menor. A expectativa é que a gente consiga investir mais tempo com a pessoa”.

Kuga explica que o programa ficou mais curto, embora o tempo para a final do Recruta não tenha diminuído.

Com o processo online e mais o uso de inteligência artificial, eles diminuíram o tempo para a parte mais mecânica do processo de triagem. E o tempo de sobre vai ser investido de volta na parte mais humana, a imersão.

As inscrições ficam abertas até o dia 30 de agosto pelo site do programa.

Confira três dicas da Livia Kuga para participar de processos seletivos:

  1. Foco no autoconhecimento: “O que gosta? O que não gosta? Por que você toma as decisões que toma? Quais são seus grandes marcos na vida? O que levou em consideração para esses momentos serem tão importantes? Perguntas assim estão presentes no nosso questionário e podem ajudar no preparo para o processo. Mas o autoconhecimento é um trabalho pessoal”.
  2. Conhecimento sobre a Stone (ou sobre as empresas que gostaria de trabalhar): “O que fazemos, qual nosso propósito e história, o que as pessoas que trabalham aqui acham da empresa... A pessoa precisa de curiosidade para entender mais sobre a empresa. E aviso para quem tenta vários processos ao mesmo tempo: não dá tempo de fazer isso e focar em todos. Se aprofunde nas empresas que realmente te interessam e você terá mais chance de ser aprovado”.
  3. Qual sua intersecção com a empresa: “Esse é o pulo do gato para ser contratado. Não só na Stone. Quais as intersecções que você tem com a vaga? O que você tem a oferecer e o que a empresa precisa? Esse alinhamento natural é a chave. O nosso recrutamento foi desenhado para revelar isso”.

Para reforçar o gosto que a companhia tem por conhecimento, a Stone organizou um biblioteca que está disponível para qualquer um. Quem for seguir a dica número dois da Livia pode se preparar através da Stone Educa.

 

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

 

Últimas Notícias

Ver mais
Quer trabalhar na Tesla? Processo envolve seis meses de espera e carta para Musk
seloCarreira

Quer trabalhar na Tesla? Processo envolve seis meses de espera e carta para Musk

Há 5 horas

Quer trabalhar de qualquer lugar do mundo? Veja as vagas home office disponíveis nesta semana
seloCarreira

Quer trabalhar de qualquer lugar do mundo? Veja as vagas home office disponíveis nesta semana

Há 22 horas

BDO abre 450 vagas para trainee até o fim do ano; veja como participar
seloCarreira

BDO abre 450 vagas para trainee até o fim do ano; veja como participar

Há 5 dias

O futuro exponencial começa com elas: por que as mulheres devem liderar
Um conteúdo Esfera

O futuro exponencial começa com elas: por que as mulheres devem liderar

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais