Carreira

3 cidades lideram demanda por engenheiros; veja salários

Confira as três cidades brasileiras com maior crescimento na demanda por engenheiros e quanto as indústrias estão pagando para eles em 5 diferentes áreas


	Engenheiros: demanda em Porto Alegre (RS) cresceu 250% em janeiro, na comparação com mesmo período do ano passado
 (Stock.xchange)

Engenheiros: demanda em Porto Alegre (RS) cresceu 250% em janeiro, na comparação com mesmo período do ano passado (Stock.xchange)

Camila Pati

Camila Pati

Publicado em 18 de fevereiro de 2014 às 14h53.

São Paulo – Em três cidades brasileiras a demanda por engenheiros explodiu em janeiro, segundo estudo realizado pela Michael Page.

Em Porto Alegre (RS) o número de contratações foi 250% superior ao mesmo período de 2013, enquanto em Curitiba (PR) o número de engenheiros contratados dobrou nesta mesma comparação. Campinas (SP), no interior de São Paulo, vem logo atrás, com volume 75% maior de contratos.

A busca por engenheiros mais qualificados e, consequentemente, mais eficientes é o principal fator que tem turbinado o volume de contratações.

De acordo com estudo, 70% dos contratos de trabalho firmados são fruto de substituição de profissionais e 30%, são novas oportunidades criadas nessas regiões.

Custos operacionais mais baixos e incentivos fiscais também têm atraído empresas para estas três cidades, diz Ricardo Basaglia, diretor executivo da consultoria.

“Existem itens que fogem do controle das empresas como questões tributárias, de energia e infraestrutura no Brasil. O que sobra para as empresas é fazer a lição de casa e produzir mais com menos”, diz Basaglia.

E, se o salto de produtividade só é possível por meio da contratação de engenheiros mais eficientes, as empresas têm apostado na oferta de salários mais vantajosos.

“Existe o fator de atratividade. A empresa paga um prêmio para que o profissional qualificado que está empregado possa trocar de emprego”, diz Basaglia. Segundo ele, há casos de empresas dispostas a aumentar os vencimentos em até 30%.

Entre os setores mais aquecidos para os profissionais estão as indústrias automotivas, de bens de consumo, químicas e o agronegócio.
Confira nas tabelas quanto ganham os engenheiros para gerenciar diferentes áreas de uma indústria nas três cidades em que são mais demandados:

Curitiba (PR): 

Área Salário médio mensal Variação em relação a janeiro de 2013
Lean 12 mil a 18 mil reais 15¨%
Segurança 8 mil a 15 mil reais 15%
Qualidade 12 mil a 18 mil reais 10%
Manutenção 12 mil a 18 mil reais 10%
Produção 10 mil a 18 mil 15%

Porto Alegre (RS):

Área Salário médio mensal Variação em relação a janeiro de 2013
Lean 12 mi a 18 mil reais 15%
Segurança 8 mil a 12 mil reais 15%
Qualidade 8 mil a 12 mil reais 10%
Manutenção 12 mil a 15 mil reais 10%
Produção 8 mil a 15 mil reais 15%

Campinas (SP):

Área Salário médio mensal Variação em relação a janeiro de 2013
Lean 12 mil a 18 mil reais 15%
Segurança 8 mil a 15 mil reais 15%
Qualidade 12 mil a 18 mil reais 15%
Manutenção 12 mil a 18 mil reais 10%
Produção 12 mil a 18 mil reais 15%
Acompanhe tudo sobre:Campinascidades-brasileirasCuritibaEngenhariaEngenharia de produçãoEngenharia mecânicaEngenheirosPorto AlegreSaláriosvagas-de-emprego

Mais de Carreira

Fit cultural: como se preparar para uma entrevista de emprego?

Currículo Lattes é importante para carreira? Saiba como fazer o seu

5 melhores cursos para quem quer ser funcionário público

5 profissões para quem gosta de desenhar

Mais na Exame