Carreira

6 livros indicados por executivas de inovação para mudar sua carreira

Para quem quer inovar dentro da empresa e da própria trajetória, confira a lista de leituras que inspiram as principais lideranças femininas de Open Innovation

Indicações de leitura: veja o que as principais executivas de inovações aberta estão lendo (RoJDesign/Getty Images)

Indicações de leitura: veja o que as principais executivas de inovações aberta estão lendo (RoJDesign/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de outubro de 2021 às 12h34.

Última atualização em 3 de novembro de 2021 às 14h23.

Se você está procurando novas leituras para inovar na sua empresa, equipe e carreira, esta lista pode ajudar. A Exame fez uma seleção, junto às mulheres que mais se destacam em inovação aberta no Brasil, dos livros que transformaram suas trajetórias e funcionam como guias em suas decisões.

As executivas, além de atuarem em empresas referência em inovação, são professoras do Women in Innovation, imersão focada em criar novas lideranças femininas em inovação aberta, criada pela Future Dojo, a escola das competências do futuro, em parceria com a B2Mamy, referência em comunidade de mulheres inovadoras, e com a ACE, consultoria de inovação e investidora de startups. 

Há desde leituras mais técnicas até as mais inspiracionais. Confira a lista e já separe um tempo para a leitura:

O lado difícil das situações difíceis, de Ben Horowitz

Recomendado por Fernanda Caloi (Líder de programas para startups do Google na América Latina)

Um dos livros mais famosos entre empreendedores e executivos, foi escrito por Ben Horowitz, um dos mais respeitados nomes do Vale do Silício. Na obra, ele divide suas experiências como fundador, empresário e investidor de diferentes empresas de tecnologia e, principalmente, as lições aprendidas ao longo dos principais desafios.

“As situações reais que Ben Horowitz traz com grande aprendizado neste livro servem de inspiração para gerações de empreendedores ao redor do mundo e soam úteis para qualquer pessoa que quer se tornar um líder mais eficiente e inspirador”, reflete Fernanda.

Pimentas, de Rubem Alves

Recomendado por Amanda Graciano (Head de Startups no Cubo Itaú)

Um dos maiores autores da história brasileira, este livro de crônicas de Rubem Alves é cheio de vida e ótimo para abrir a cabeça em meio às turbulências do dia a dia.

Amanda destaca um trecho do próprio livro: "há ideias que se assemelham às pimentas: elas podem provocar incêndios nos pensamentos. Mas, para se provocar um incêndio não é preciso fogo. Basta uma única brasa. Um único pensamento-pimenta...".

Para a Head de Startups no Cubo, “trabalhar no dia a dia com inovação é assim. Conseguir ter um equilíbrio entre criatividade e execução para mudar produtos, processos e organizações”.

Criatividade S.A, de Ed Catmull

Recomendado por Olivia Meira (Líder do Botilabs, lab de experimentação de tecnologias de risco do Grupo Boticário)

Este livro fala sobre cultura e liderança criativa. É um livro que explora gerenciamento do medo e do fracasso dentro de uma organização, fala sobre a proteção de novas ideias e a imposição de limites enquanto descreve o nascer e desenvolver da Pixar.

Olívia conta: “este livro é meu lema de vida. Fala sobre se aventurar no desconhecido e ter a coragem de errar e fazer de novo para sempre entregar o melhor produto para o cliente final. Ele me marcou muito porque nem sempre temos as respostas, mas se temos coragem e criatividade para pensar nas diferentes soluções, conseguimos contornar qualquer obstáculo”.

Storytelling com Dados, de Cole Nussbaumer Knaflic

Recomendado por Ana Carnaúba (Líder da universidade corporativa da Deloitte)

Neste livro, você encontra lições valiosas sobre como contar boas histórias usando dados. Um guia para um mundo cada vez mais data driven - e escrito por uma mulher.

"Um apoio para que possamos construir histórias de forma envolvente, apoiadas em dados, números e premissas que por vezes estão ausentes em narrativas femininas de negócios", afirma Ana.

Antifrágil, de Nassim Nicholas Taleb

Recomendado por Dani Junco (CEO e confundadora da B2Mamy)

“Sugiro fortemente o Antifrágil, que trata como podemos nos beneficiar com o caos. E a conexão entre inovação aberta e startups precisa muito de Antifragilidade”, conta Dani Junco.

O livro, que está entre os mais vendidos da Amazon, traz reflexões de como podemos nos beneficiar do caos. Ou seja, evoluir a partir dos imprevistos do dia a dia.

Vai lá e faz, de Tiago Mattos

Recomendado por Marina Almeida (Líder da Innovation Lab Natura &Co Latam

Neste livro, um dos maiores especialistas em futurismo do Brasil traz a visão sobre o que é preciso para mudar e transformar no mundo digital. Mais do que ferramentas, Tiago Mattos vê que é necessária uma mudança de mentalidade para os projetos saírem do papel - e isso tem tudo a ver com autoconhecimento.

Para Marina, “é um livro que abre muito a visão para o mundo da inovação e principalmente como fazer a virada de chave para uma mentalidade mais simples e descomplicada, o que é fundamental para conseguir executar iniciativas inovadoras com agilidade e em um modelo test and learn. Pensar complexo é muito mais fácil do que pensar simples, e este livro ajuda a quebrar este padrão.”

Acompanhe tudo sobre:dicas-de-carreiraEXAME-Academy-no-InstagramInovaçãoLivrosMulheres executivas

Mais de Carreira

Como ser um líder inspirador? Trajetória de Cook e Bezos mostra que não depende só das soft skills

Networking de milhões: A solução para ter o salário ideal pode estar ao seu lado, veja como atrair

Guerra por talentos: 1 em cada 3 empresas teme perder talentos para a concorrência, diz pesquisa

RH Summit 2024 e o fim da FOMO em grandes eventos

Mais na Exame