Carreira

Fundação Dom Cabral e Insper perdem posições em ranking

Em lista de melhores cursos personalizados para executivos, instituições caíram, mas se mantiveram na mesma posição no ranking de cursos abertos

Alunos do Insper, em São Paulo (Veja São Paulo/EXAME.com)

Alunos do Insper, em São Paulo (Veja São Paulo/EXAME.com)

Talita Abrantes

Talita Abrantes

Publicado em 12 de maio de 2014 às 18h01.

São Paulo – A Fundação Dom Cabral e o Insper apareceram novamente entre as 80 escolas que oferecem os melhores cursos feitos sob medida para as empresas, segundo o Financial Times. No entanto, desta vez, elas tiveram um desempenho inferior do que o registrado em 2013 na lista que mede a qualidade da educação executiva.

No ranking deste ano, as escolas ficaram, respectivamente, em 27º e 52º, enquanto em 2013, a Fundação Dom Cabral conquistou a 16ª posição e o Insper, a 26ª. 

Por outro lado, as duas instituições mantiveram as mesmas colocações em outro ranking que mede a qualidade dos cursos abertos oferecidos por cada escola. Com isso, nesta lista, a Fundação Dom Cabral ficou em 23º e o Insper em 38º. 

Outras duas brasileiras também aparecem neste ranking: a Saint Paul Escola de Negócios, em 59ª (cinco posições abaixo do registrado em 2013), e a Fundação Instituto de Administração (FIA), em 69ª – a escola não apareceu no ranking do ano passado. 

Para chegar às duas listas, o Financial Times leva em conta desde o métodos de ensino, a estrutura do curso, a qualidade do corpo docente e as novas habilidades ensinadas até a estrutura física da escola e as refeições fornecidas. Tudo segundo os participantes e as empresas que compraram este serviço.

Veja abaixo como foi o desempenho de cada escola brasileira: 

Fundação Dom Cabralral
Divulgação

Posição no ranking de cursos customizados: 27º. A escola ficou em 16º e 8º nas listas de 2013 e 2012, respectivamente.
Método de ensino dos cursos customizados: 30º (12 posições abaixo do que o registrado no passado)
Custo-benefício dos cursos customizados: 43º (22 posições abaixo do que o registrado no passado)
Veja outras informações na página do Financial Times

Posição no ranking de cursos abertos: 23º. A escola manteve a mesma posição de 2013. Em 2012, estava em 17º.
Método de ensino dos cursos abertos: 19º
Follow-up ou aplicação do conhecimento no dia a dia: 21º (cinco pontos acima do registrado no passado)
Veja outras informações na página do Financial Times

Insper

Posição no ranking de cursos customizados: 52º. A escola ficou em 36º e 29º nas listas de 2013 e 2012, respectivamente.
Método de ensino dos cursos customizados: 60º (24 posições abaixo do que o registrado no passado)
Custo-benefício dos cursos customizados: 40º (5 posições abaixo do que o registrado no passado)

Veja outras informações na página do Financial Times

Posição no ranking de cursos abertos: 38º. A escola manteve a mesma posição de 2013. Em 2012, estava em 32º.
Método de ensino dos cursos abertos: 31º (três posições abaixo do registrado no passado)
Follow-up ou aplicação do conhecimento no dia a dia: 63º (três pontos abaixo do registrado no passado)
Veja outras informações na página do Financial Times

Saint Paul Escola de Negócios

Divulgação/Saint Paul

Posição no ranking de cursos customizados: a escola não apareceu na lista 

Posição no ranking de cursos abertos: 59º. A escola ficou em 54º em 2013.
Método de ensino dos cursos abertos: 53º (10 posições abaixo do registrado no passado)
Follow-up ou aplicação do conhecimento no dia a dia: 55º (14 pontos abaixo do registrado no passado)
Veja outras informações na página do Financial Times

Fundação Instituto de Administração (FIA)

(FIA)

Posição no ranking de cursos customizados: a escola não apareceu na lista 

Posição no ranking de cursos abertos: 69º
Método de ensino dos cursos abertos: 65º
Follow-up ou aplicação do conhecimento no dia a dia: 66º
Veja outras informações na página do Financial Times

Confira o posicionamento do Insper sobre o resultado do ranking:

“Os programas de educação executiva do Insper foram classificados pelo oitavo ano consecutivo entre os melhores segundo o ranking global divulgado e elaborado pelo Financial Times, que apresenta instituições renomadas como Harvard, Stanford e Insead. Os cursos de educação executiva de curta duração e customizados do Insper figuram entre os três melhores da América do Sul. A instituição é também a única instituição brasileira citada pelo levantamento do FT a deter o selo da AACSB International (Association to Advance Collegiate Schools of Business), a mais importante certificação internacional de escolas de negócio.” 

* Atualizado no dia 12 de maio de 2014, às 17h50, para incluir o posicionamento do Insper sobre o resultado
Acompanhe tudo sobre:Carreira jovemEducação executivaEmpresasEnsino superiorFaculdades e universidadesFIAFinancial TimesFundação Dom CabralInsperJornaisRankings de faculdades

Mais de Carreira

Ipiranga abre inscrições para programa de estágio com vagas afirmativas, veja os requisitos

Nos Estados Unidos, família montam fundos 'hedge' na despensa de mantimentos

Polywork: conheça a tendência que faz parte da vida do ator Marcello Antony

TIM abre 145 vagas para o Programa de Estágio 2024

Mais na Exame