Acompanhe:
seloCarreira

Entre as melhores da China, a Universidade de Xiamen tem bolsa de estudos integral para brasileiros

Para mestrado e doutorado, a bolsa oferece ajuda de custo aos alunos internacionais; para graduação, desconto de até 100% nas anuidades

Modo escuro

Continua após a publicidade
Universidade de Xiamen, na China: 422ª melhor instituição de ensino superior do mundo, segundo pesquisa da Quacquarelli Symonds (Wikimedia Commons/Wikimedia Commons)

Universidade de Xiamen, na China: 422ª melhor instituição de ensino superior do mundo, segundo pesquisa da Quacquarelli Symonds (Wikimedia Commons/Wikimedia Commons)

E
Elaine Maciel, da Universidade do Intercâmbio

Publicado em 4 de janeiro de 2023 às, 15h32.

Última atualização em 4 de janeiro de 2023 às, 15h56.

A Universidade de Xiamen, localizada na cidade de mesmo nome na China, abriu inscrições para o programa de bolsa de estudos para alunos internacionais.

Estudantes de graduação, mestrado e doutorado em diversas áreas podem concorrer a um total de 24 bolsas de estudos.

Quando terminam as inscrições

O prazo final para a inscrição é até o dia 31 de março de 2023. Interessados vão preencher um formulário online, bem como enviar seu histórico escolar e demais documentos pessoais.

Além de atender aos requisitos de admissão do programa de estudos escolhido, como proficiência em inglês ou chinês e boas notas, os estudantes precisam se atentar ao limite de idade.

Para candidatos à bolsa de graduação, é obrigatório apresentar o diploma do ensino médio e ter menos de 25 anos de idade.

Quem pode participar da seleção

Para o mestrado, será necessário comprovar a graduação e ter menos de 40 anos. E para o doutorado, o aluno deve ter o diploma de mestrado e ter menos de 45 anos de idade.

A bolsa de estudos para estrangeiros da Universidade de Xiamen vai arcar com 100% das anuidades para todos os níveis de estudo.

Além disso, a oportunidade oferece ajuda de custo para programas de mestrado e doutorado first class.

Nesses casos, o recurso será de 3.000 iuane chinês (cerca de R$ 2.372) para mestrandos e 3.500 iuane chinês (aproximadamente  R$ 2.769) para doutorandos.

Os estudantes aprovados para serem bolsistas deverão comprovar bons resultados acadêmicos ao longo do período de estudos para garantirem a renovação da bolsa de estudos por todo o curso.

Para programas de bacharelado, a bolsa poderá ter vigência de quatro ou cinco anos; para mestrado, dois ou três anos e para doutorado, quatro anos.

Como se inscrever para a bolsa

A inscrição para as bolsas de estudos será considerada após o candidato ter sido admitido na Universidade de Xiamen.

Portanto, o primeiro passo é se inscrever em um dos programas de bacharelado, mestrado ou doutorado para o intercâmbio na China.

Posteriormente, os candidatos devem preencher a inscrição online, com uma cópia do formulário de inscrição anexado.

Esse documento deve ser preenchido, obrigatoriamente, em inglês ou chinês e assinado pelo estudante.

Já a seleção dos 24 bolsistas será feita com base na avaliação de alguns itens. São eles:

  • histórico acadêmico do candidato;
  • proficiência no idioma;
  • méritos gerais;
  • realizações de pesquisa;
  • recomendação de seus supervisores.

Os candidatos pré-selecionados serão submetidos às autoridades da universidade para uma avaliação final. O resultado será divulgado em julho de 2023.

Em caso de dúvidas, os estudantes podem entrar em contato pelo e-mail admissions@xmu.edu.cn.

Conheça a universidade que dá bolsa de estudos

A Universidade de Xiamen foi fundada em 1921 pelo líder patriótico chinês Tan Kah Kee. Essa foi a primeira universidade chinesa estabelecida por um chinês no exterior.

Atualmente, a Universidade de Xiamen está listada entre as principais universidades da China.

Ela ocupa a posição 422º no ranking de melhores universidades do mundo, elaborado pela Quacquarelli Symonds.

Esse é um estudo anual muito renomado, que avalia as instituições pela reputação, quantidade de alunos e professores, qualidade da pesquisa e até mesmo empregabilidade.

A XMU também faz parte de uma lista de projetos lançados pelo governo chinês para apoiar universidades selecionadas a alcançar destaque mundial.

A Universidade de Xiamen conta com quatro campus:

  • Siming Campus
  • Zhangzhou Campus
  • Xiang'an Campus
  • XMU Malaysia

São mais de 44 mil alunos distribuídos por uma escola de pós-graduação, seis divisões acadêmicas, 33 departamentos e 16 institutos de pesquisa.

Desde 2006, a Universidade de Xiamen, também conhecida como Xia Da, oferece bolsas de estudos para estudantes internacionais que estudam em programas de graduação.

Para esse nível de ensino, os bolsistas têm as anuidades totalmente cobertas.

A XMU também oferece bolsa completa e subsídios mensais para pós-graduados, de acordo com os padrões das bolsas de estudos do governo chinês.

Últimas Notícias

Ver mais
Conflito no Oriente Médio: resposta de Israel, apoio dos Estados Unidos e sombra de China e Rússia
Mundo

Conflito no Oriente Médio: resposta de Israel, apoio dos Estados Unidos e sombra de China e Rússia

Há um dia

Missão técnica da Agricultura vai à China para discutir protocolo sanitário de proteína animal
EXAME Agro

Missão técnica da Agricultura vai à China para discutir protocolo sanitário de proteína animal

Há 2 dias

Com exportação para China, JBS investe R$ 150 milhões e duplica capacidade em frigorífico no MS
EXAME Agro

Com exportação para China, JBS investe R$ 150 milhões e duplica capacidade em frigorífico no MS

Há 2 dias

38 frigoríficos recém-habilitados pela China devem incrementar R$ 10 bi à balança brasileira
EXAME Agro

38 frigoríficos recém-habilitados pela China devem incrementar R$ 10 bi à balança brasileira

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais