A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Dia do Estagiário: integração e lei são desafios em tempos de home office

Pandemia levou estagiários para o trabalho remoto sem respaldo na legislação; assim como no caso dos funcionários, integrá-los bem é um dos grandes desafios para os RHs

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia

Desde o início da pandemia, a maioria das empresas que precisaram contratar profissionais ou estagiários tiveram que transformar as posições de trabalho em remotas — ou pelo menos híbridas.

Com o passar dos meses, e certos benefícios do trabalho remoto ficaram em evidência, logo os programas de estágio e trainee começaram a trazer vagas que iriam manter o esquema remoto ou híbrido mesmo após a pandemia.

A integração é apontada como um dos maiores desafios por gestores de Recursos Humanos em tempos de pandemia, assim como o acompanhamento de projetos.

Nesta quarta-feira, comemora-se o Dia do Estagiário. Como ficam essas questões quando o profissional é recém-chegado à empresa e estudante?

"Como um estudante pode ser integrado dentro de uma empresa em home office? Acho que essa é a preocupação maior. Ele entender qual que é a atividade dele dentro dessa organização. Aí tá o sucesso", pontua Luiz Douglas, gerente regional do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE).

Um benefício apontado pelo especialista é queda de fronteiras físicas entre regiões do país, e até mundo, na hora da disputa por uma vaga. A tendência do "Anywhere office" foi apontada pela Exame como um das 21 tendências para 2021.

"Hoje, a gente quebrou a barreira de que o estudante precisa estagiar na sua cidade. O estudante pode estagiar em qualquer lugar do mundo. Pensando no mundo Brasil, estudantes de certas regiões não olhavam para empresas que agora eles elas estão olhando", diz Luiz Douglas.

Nova legislação

A legislação do estágio não prevê o trabalho remoto, mas ele foi permitido pelo Ministério Público do Trabalho em uma nota técnica em 2020. Já essa modalidade existe na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) desde a reforma trabalhista.

"Hoje, o estudante que estagia em home office está amparado pela nota técnica, mas ele nos precisamos atualizar a Lei do Estágio, que é de 2008. O modelo híbrido, presencial ou remoto vai depender muito do tipo de talento que você quer atrair para a sua empresa", explica Luiz Douglas.

Segundo pesquisa do CIEE, encomendada ao IBOPE no início da pandemia, em maio de 2020, 46% dos estagiários passaram a trabalhar remotamente. Enquanto 54% seguiram presencialmente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também