Carreira

Cinco perguntas para fazer na entrevista de emprego para garantir a vaga

Detalhes sobre colegas, sucesso da equipe e cultura da empresa são importantes

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 15 de maio de 2024 às 13h43.

Última atualização em 21 de maio de 2024 às 15h38.

Kendal Lindstrom tem 25 anos e mora em Scottsdale, Arizona. Ela dirige uma empresa de consultoria de mudança de carreira chamada Doux e trabalha com tecnologia. Recentemente, ela postou no TikTok um vídeo sobre cinco perguntas que preparou para uma entrevista de emprego. O Business Insider destacou o mais importante:

Como é a cultura da empresa?

A primeira coisa que você deve perguntar é sobre a cultura da empresa. Esse é um grande problema. É uma questão de sucesso ou fracasso para desfrutar do seu trabalho. É muito importante perguntar sobre isso porque se você se sente infeliz em seu trabalho, você está apenas se preparando para o fracasso.

Posso saber mais sobre meu  antecessor?

Uma outra coisa é saber o que a pessoa que veio antes de você fez e foi elogiada por isso, mesmo não tendo exigências específicas na descrição do cargo. Isso pode ser uma boa para a pessoa já se colocar na nova função. Você deve ir para a entrevista e se vender.

O que meus colegas exigem?

Outra pergunta interessante é: “Como posso melhor atender às necessidades dos meus colegas?” Isso vem do desejo de entender – da maneira mais profissional – a equipe na qual você está entrando.

Qual é o sucesso da equipe?

O número 4 é saber qual é o estado atual do departamento em referência aos resultados financeiros. Isso tem a ver com perguntas sobre vendas, é claro, mas também vale a ideia: "Estou entrando em um departamento falido? Você está esperando que eu mude as coisas? Você está esperando que eu apenas assuma a culpa por algo que já está acontecendo?"  "Ou vocês estão vendo números que nunca viram antes e precisam de mais pessoas?"

Como será o futuro da empresa?

A última pergunta é a favorita de Kendal Lindstrom: "Qual é o plano de três anos, cinco anos e 10 anos da empresa?" Ela diz adorar essa pergunta porque nunca conseguiu um emprego pensando em "ficar apenas um ano no cargo" ou "só estou fazendo isso pelo dinheiro". Ela recomenda "pensar como um CEO". Nunca trabalhe e se esforce para ser apenas um associado.

Acompanhe tudo sobre:dicas-de-carreiraGuia de Carreira

Mais de Carreira

Você já tirou a tal das “férias silenciosas”? Veja o lado bom e ruim dessa tendência

Vagas para todos: setor trilionário aceita profissionais de todas as formações e paga acima da média

Número de executivas mulheres cai pela primeira vez desde 2005 nos EUA

Quer trabalhar de qualquer lugar do mundo? Veja as vagas de home office disponíveis nesta semana

Mais na Exame