Bússola
Um conteúdo Bússola

Tendências em tecnologia para construção civil aquecem o mercado para 2023

5 previsões das mudanças que estão por vir no setor da construção civil neste ano

Setor da construção civil deve ter crescimento de 4,5% em 2023 (Eduardo Frazão/Exame)

Setor da construção civil deve ter crescimento de 4,5% em 2023 (Eduardo Frazão/Exame)

B

Bússola

Publicado em 6 de fevereiro de 2023 às 18h00.

Segundo dados da Prospecta Analytica, a expectativa de crescimento do setor de construção civil é de 4,5% em 2023. Isso, devido a estabilidade do preço dos materiais de construção e melhora da economia do país. Ainda de acordo com a pesquisa, as reformas de casas e construção de residências também devem avançar no próximo ano. Outro motivo de otimismo é a volta do programa de habitação popular do governo federal, Minha Casa Minha Vida. Todos esses fatores contribuem para a chegada de algumas novidades para impulsionar este mercado.

O momento é bastante oportuno para o avanço de novas tecnologias para o setor e as principais tendências estarão focadas em BIM, integração de dados e projetos, industrialização, engenharia de custos e replanejamento em tempo real. É importante ressaltar que a mudança de governo irá chacoalhar bastante o setor, dadas as novidades voltadas aos programas de habitação. Não necessariamente ficará melhor ou pior do que está, mas sim que teremos transformações de mercado, o que ocasiona em novas tendências para 2023. Algumas tendências em tecnologia para a construção civil que devem avançar em 2023 e transformar ainda mais este mercado são:

Orçamentos e planejamento migrarão cada vez mais para BIM

O BIM é a metodologia da construção civil que mais cresceu em relevância nos últimos anos. Antes visto como uma aposta, já é uma realidade e se tornou lei no Brasil em 2021. Dessa maneira, todos os projetos criados para órgãos públicos, serão obrigados a inserir a metodologia BIM em seus projetos, visto a precisão, a segurança e a transparência de informações que ela oferece.

Com BIM, é possível alcançar transparência com a troca de informação entre o projeto e o que acontece no canteiro de obras, sendo essencial para o andamento do projeto. Isso porque, a  real adoção do BIM 4D e 5D é o que dará a maior precisão entre planejado e realizado. Abraçar essa integração de dados desde a concepção do projeto muda completamente a eficiência de uma obra, pois dessa forma é possível ganhar previsibilidade em relação às atividades, os insumos necessários e a produtividade da mão de obra.

Integração de dados entre projeto, planejamento e canteiro

A tecnologia em dados será essencial no setor da construção civil. Uma vez que integrar as informações do projeto, planejamento e canteiro fazem com que a obra seja mais objetiva e tenha maior precisão, independente dos detalhes. Além disso, é indiscutível o aumento de ganho de produtividade e exatidão de informações em relação ao planejamento vs realizado. Isso significa que a integração dos dados melhora todo o andamento da obra.

Ainda mais industrialização dos processos construtivos

Softwares deixaram de ser uma escolha e se tornaram uma exigência na construção civil. Isso porque não apenas o processo tecnológico chegou nas criações de projetos, mas também se faz presente na própria obra. Portanto é indispensável que inovações continuem surgindo e industrializando o processo constitutivo, para promover mais rapidez, agilidade e segurança a todos que se envolvem em uma obra. Além disso, a industrialização também proporciona a chegada de partes prontas no canteiro de obras, otimizando toda a construção.

Engenharia de custos como processo de gestão da construção 

A Engenharia de Custos envolve, além da realização do orçamento, a elaboração do cronograma financeiro, do fluxo de caixa, a coordenação dos custos e os ajustes necessários para adequar a realidade ao orçamento inicial. Todos esses passos se remetem a gestão de um processo construtivo, ou seja, essa área será cada vez mais valorizada no mercado.

Replanejamento em tempo real com apontamento do canteiro de obras

Para ter um bom aproveitamento da obra a depender do seu tamanho, é necessário monitorar em tempo real o que está acontecendo na hora para que nenhuma falha aconteça, através do canteiro de obra, área fixa e temporária, onde se realizam as operações de apoio e execução de uma obra.

* Antonio Fascio é fundador e CEO do Grupo OrçaFascio

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Investimentos em 2023: qual o melhor caminho?

Agro: como mergulhar nas tendências e garantir sua fatia no bolo crescente

Economia circular impulsiona a indústria e se torna parceira da sociedade

Acompanhe tudo sobre:Construção civilInfográficos de NegóciosTendências

Mais de Bússola

Apple? Microsoft? Não. Entenda como IA fez Nvidia garantir o posto de empresa mais valiosa do mundo 

3 passos para unificar a cultura organizacional após processos de fusão e aquisição

Supermed projeta crescimento de 50% e anuncia expansão de parcerias em evento especial

Grupo Salta compra tradicional escola de SP e vai investir R$ 200 mi para ampliar operação no estado

Mais na Exame