A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Telemedicina vai beneficiar indígenas de 31 aldeias na Amazônia

Iniciativa da Norte Energia vai contribuir para a redução do tempo de espera de pacientes por consultas médicas

Cerca de 2400 indígenas de 31 aldeias na Amazônia serão beneficiados com atendimento por telemedicina, com médicos de diferentes especialidades à disposição de moradores de áreas remotas do Médio Xingu, no Sudoeste do Pará.

As unidades básicas de saúde instaladas nas aldeias estão sendo equipadas para o atendimento às comunidades indígenas, e passarão a contar com câmeras para a realização de videoconferência e equipamentos para verificação de sinais vitais, tais como aparelhos de medição de pressão, glicemia e saturação, oxímetros de pulso e termômetros clínicos, entre outros, além de computadores e impressoras.

A oferta de atendimento por telemedicina a indígenas, especialmente àqueles que vivem em situação de vulnerabilidade social ou em áreas remotas no entorno do rio Xingu, de difícil acesso, será feita por meio de sinal de internet com conectividade via satélite.

Todas as ações são custeadas pela Norte Energia, empresa privada concessionária da hidrelétrica Belo Monte, que consolidou uma parceria com o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Altamira, que vai coordenar e capacitar os profissionais responsáveis pelo atendimento médico.

“Dada a complexidade da logística nesta região amazônica, que abriga um dos maiores municípios do mundo (Altamira), os equipamentos vêm somar, e muito, no tratamento, prevenção e recuperação de indígenas aldeados enfermos. Nossos profissionais atenderão à distância, estejam onde estiverem”, declara João Caramuru, coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena.

A iniciativa vai contribuir para a redução do tempo de espera desses pacientes do Xingu por consultas médicas, além de proporcionar melhores condições para que os profissionais dedicados à saúde indígena exerçam seu trabalho, como declara Nina Fassarella, gerente responsável pelas ações socioambientais da Norte Energia junto aos povos indígenas.

“A empresa reforça, por intermédio desse projeto, o seu compromisso inegociável com a qualidade de vida da população tradicional que vive no entorno da hidrelétrica Belo Monte”, declara Nina.

O atendimento por intermédio da telemedicina foi sancionado pelo Governo Federal em 2020, em razão das restrições impostas pela pandemia da covid-19 — após passar por avaliação do Ministério da Saúde, da Agência Nacional de Saúde Complementar, de Conselhos Federais e do Senado — como sendo um recurso essencial para a promoção da saúde indígena na Amazônia.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também