Um conteúdo Bússola

SoftBank e Illuminate lideram rodada para levar IA brasileira a 15 países

Birdie recebe investimentos liderados por SoftBank e Illuminate Ventures, e contou com a participação de Fusion Fund, Astella e Endeavor Catalyst
Com o valor do novo round, a Birdie vai duplicar o tamanho da equipe e acelerar seu crescimento (MR.Cole_Photographer/Getty Images)
Com o valor do novo round, a Birdie vai duplicar o tamanho da equipe e acelerar seu crescimento (MR.Cole_Photographer/Getty Images)
Por BússolaPublicado em 14/02/2022 18:12 | Última atualização em 14/02/2022 18:19Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Birdie, plataforma SaaS de geração de insights baseados em inteligência artificial para desenvolvimento e otimização de produtos, acaba de receber uma rodada Seed de investimentos de US$ 7 milhões. Liderado por SoftBank e Illuminate Ventures, o aporte contou também com a participação de Fusion Fund, Astella e Endeavor Catalyst e passa a figurar na lista de uma das maiores rodadas Seed feitas por startups brasileiras.

Com o valor do novo round, a Birdie vai duplicar o tamanho da equipe e acelerar seu crescimento: a empresa, que dobrou de tamanho ao longo do ano passado, pretende encerrar o ano com cobertura de 15 países e vai investir em novas features para ajudar seus clientes a planejar e lançar produtos de sucesso com base em opiniões reais e espontâneas dos consumidores.

Patrícia Osorio, co-founder e CRO da Birdie, diz que um dos maiores desafios das empresas é ter acesso a informações confiáveis para tomar decisões ao longo do ciclo de vida de um produto.

Segundo ela, gerentes de produtos se veem dependentes de relatórios e pesquisas para entender o feedback do consumidor, ficando limitados quanto à frequência, à flexibilidade e à granularidade das análises. Por isso, a Birdie usa a IA para interpretar milhões de opiniões e gerar insights automáticos para ajudar na tomada de decisões.

A plataforma ainda rankeia automaticamente as forças, fraquezas, jobs-to-be-done, bugs, e features com maior potencial de impacto na satisfação do consumidor.

A empresa, cuja sede fica no Vale do Silício, atende a seus clientes no Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, México, Espanha e Alemanha e já processa opiniões de mais de 150 fontes entre e-commerces, app stores, fóruns de discussão e sistemas privados como call centers, pesquisas de satisfação e plataformas de social listening.

Para 2022 há planos de expandir para Japão, China, Itália, França, Índia e Rússia.

De acordo com Osorio, um dos propósitos da Birdie é ser um celeiro de talentos brasileiros que queiram criar tecnologia no estado da arte em nível global, se desafiar e ter exposição a diferentes mercados em uma empresa com uma visão clara.

Já para Camhaji, managing partner do SoftBank Latin America Fund, os insights da Birdie permitem que as empresas acompanhem o desempenho de seus próprios produtos e os comparem com a concorrência, destacando os recursos que impulsionam a satisfação do consumidor. Sendo assim, a capacidade de fornecer insights atualizados é fundamental para apoiar o desenvolvimento de produtos de maneira disruptiva.

“Eles estão criando uma nova categoria, inteligência de produtos, em um momento em que a concorrência entre marcas globais de bens de consumo só cresce e uma solução como a deles se torna essencial”, declara Cindy Padnos, managing partner da Illuminate Ventures.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube