Bússola
Um conteúdo Bússola

Setor de bebidas não alcoólicas, catadores e governo criam campanha de conscientização ambiental

ABIR, ANCAT e MMA lançam “Crie Esse Hábito” com o objetivo de educar a população para o descarte consciente de embalagens consumidas fora de casa

A ABIR também firmou, recentemente, um novo acordo com a ANCAT com o objetivo de incentivar a economia circular (nawaitesuga/Getty Images)

A ABIR também firmou, recentemente, um novo acordo com a ANCAT com o objetivo de incentivar a economia circular (nawaitesuga/Getty Images)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 22 de maio de 2024 às 07h00.

Tudo sobreReciclagem
Saiba mais

A busca pela sustentabilidade é um esforço conjunto, mas ela certamente tem protagonistas. Eles, os catadores, são responsáveis por nove em cada 10 quilos de embalagens que chegam à indústria de reciclagem, segundo o Atlas Brasileiro da Reciclagem.

Reconhecendo o trabalho desses profissionais, a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas (ABIR) e a Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) criaram a campanha “Crie Esse Hábito”, uma parceria das duas instituições com o Ministério do Meio Ambiente (MMA).

A iniciativa, que tem como foco o descarte consciente de embalagens consumidas fora de casa, entra na sua segunda etapa destacando a importância e a valorização do trabalho de catadores de materiais recicláveis do país. 

"Somos parte da solução e essa parceria diz muito sobre isso, sobre responsabilidades compartilhadas. O novo vídeo educativo garante ainda mais informação à população e consumidores sobre o descarte de embalagens de forma consciente, contribuindo com a sustentabilidade e valorizando o trabalho tão importante dos catadores de materiais recicláveis”, destaca Adalberto Maluf, secretário nacional do meio ambiente urbano e qualidade ambiental do MMA. 

Parceria expandida

A ABIR também firmou, recentemente, um novo acordo com a ANCAT com o objetivo de incentivar a economia circular de embalagens em geral, em consonância com as premissas estabelecidas na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Na prática, o acordo estabeleceu:

  • Campanhas de educação ambiental
  • Criação de uma entidade gestora – como prevê a legislação vigente 
  • Apoio ao desenvolvimento de um programa de logística reversa entre as associações 
  • Melhoria contínua do design de embalagens visando à redução de utilização de energia e matéria-prima para sua produção. 

A parceria contempla a redução gradativa, até a substituição por completo, de embalagens de bebidas com baixo índice de reciclagem no Brasil, bem como o fortalecimento das cooperativas ou entidades associativas de catadores de material reciclável.

"Essa conexão entre catadores, setor público e iniciativa privada é o que a ANCAT acredita para fazer avançar os números da reciclagem, os resultados sociais e a economia circular”, conclui Roberto Rocha, Presidente da ANCAT.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Acompanhe tudo sobre:SustentabilidadeReciclagem

Mais de Bússola

E se seu filho pudesse estudar empreendedorismo desde pequeno? Conheça escola que dá curso na área

Como a Arezzo&Co planeja rastrear 100% da sua cadeia de couro utilizando blockchain

Bússola Poder: Lula paga a conta de Lula e Dilma

Bússola Cultural: Festival de Inverno de Campos do Jordão chega à sua 54ª edição

Mais na Exame