Bússola
Um conteúdo Bússola

PLAY: Pedro Sirotsky e mais um sonho a caminho

Depois do docudrama Mr. Dreamer, o empresário chega à fase final de Still Dreaming, série de conversas com grandes nomes da música brasileira

Filme foi premiado como melhor edição (Mr Dreamer/Divulgação)

Filme foi premiado como melhor edição (Mr Dreamer/Divulgação)

B

Bússola

Publicado em 16 de janeiro de 2023 às 16h41.

Pedro Sirotsky é um sonhador. E, com razão, tem orgulho desta classificação. Depois de uma carreira consolidada como executivo de comunicação no Grupo RBS (o principal conglomerado de mídia do sul do Brasil), o empresário resolveu dar um turnaround, para usar o jargão empresarial, e mudar de vida.

Pedro viajou, literal e figurativamente. Gravou em Dublin, na Irlanda, e na sua Porto Alegre um docudrama sobre a angústia de um sonho interrompido (o seu sonho), com a música (sua grande paixão) como fio condutor da retomada. Quarenta anos depois da vida empresarial, nasceu Mr. Dreamer, o filme, um sucesso premiado como melhor edição no Close-Up Edinburgh Docufest.

Agora, Pedro continua sonhando. Com Still Dreaming, prepara uma série de entrevistas com alguns dos principais nomes da música brasileira. Trata dos velhos tempos, questiona assuntos contemporâneos o projeta o futuro. Milton Nascimento, que encerrou sua carreira de apresentações ao vivo, abre o coração para Pedro. “Sofri muito quando era criança, era proibido de entrar nos clubes, viajar na primeira classe”, declara.

Ney Matogrosso, Gilberto Gil e Nelson Motta são os outros três “titãs” da música nacional já entrevistados. “Quero ser um ‘inspirator’, que o meu trabalho inspire as pessoas, como você”, comenta Motta ao amigo Pedro.

Serão sete no total – e já dá para abrir que os dois próximos estão em terras baianas. “São conversas que vão além do tradicional assunto de carreira e preferências. Falamos sobre vida, felicidade, legado, espiritualidade. Claro que a música é a condutora desta exploração profunda”, diz.

A previsão de Pedro é que as negociações com plataformas de streaming estejam finalizadas ainda neste semestre, o que dará tempo de fechar e dar a qualidade necessária às três entrevistas ainda restantes.

“A minha pergunta é ‘qual vida se deve viver?’. Eu escolhi o sonho, primeiro com Mr. Dreamer agora com Still Dreaming”, afirma Pedro.

A leveza com que Pedro vive promete dar um clima acolhedor às entrevistas. A proximidade com o mundo artístico nacional releva o aconchego dos papos. Como disse Pedro na narração de Mr. Dreamer: “olhar para dentro se tornou o destino mais procurado no mundo. Você consegue se enxergar?”. Pedro jura que consegue, agora com Still Dreaming.

*Danilo Vicente é sócio-diretor da Loures Comunicação

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Márcio de Freitas: As lições de Pelé para Lula

Mauro Wainstock: Show de bola, Edson! Obrigado, Pelé!

Play: Guillermo del Toro e seu Gabinete de Curiosidades: uma ode ao horror

Acompanhe tudo sobre:CinemaCulturaEntretenimento

Mais de Bússola

Bia Félix: por que a geração Z está obcecada com o passado?

Em ano de eleição, como a população pode contribuir para evitar os eventos climáticos extremos?

Gestão Sustentável: como fazer um bom relatório ESG

Ele começou com 12 anos e um secador achado no lixo. Hoje seu salão fatura R$ 4 mi ao ano

Mais na Exame