A página inicial está de cara nova Experimentar close button

No Pride Month, empresas reforçam compromisso com comunidade LGBTQIA+

Kraft Heinz, BNY Mellon, Mondelēz, Carrefour, Hash e Burger King são exemplos de companhias com ações afirmativas em diversidade sexual

A diversidade no mercado de trabalho é um tema que vem ganhando cada vez mais destaque no mundo corporativo. O “Pride Month”, já reconhecido mundialmente, começou com protestos e revoltas. Mas hoje, no mundo corporativo, o cenário traz perspectivas de inclusão. Para celebrar o Dia Mundial do Orgulho LGBTQIA+, comemorado em 28 de junho, e demonstrar nossa adesão à causa, a Bússola listou seis empresas com iniciativas afirmativas em prol do coletivo LGBTQIA+ no Brasil.

Kraft Heinz

A Kraft Heinz Company, detentora das marcas Heinz e Quero no Brasil, tem como meta chegar a 10% de funcionários LGBTQIA+ até 2022. Hoje, a companhia tem 8% de colaboradores LGBTQIA+ no Brasil e 7% na América Latina. Para atingir a meta, a multinacional está adequando políticas internas, entre elas licença parental de 180 dias para casais homoafetivos com a opção de teletrabalho até que a criança complete um ano, e recrutamento ativo por meio de hunting.

Outras ações incluem o desenvolvimento e a conscientização das pessoas do núcleo operacional nas fábricas em parceria com a consultoria Transcendemos e treinamentos antes de avaliações de desempenho, para minimizar análises enviesadas. Uma mentoria social focada em inclusão, em parceria com a Learn to Fly, permite que colaboradores da Kraft Heinz se tornem mentores de pessoas em situação de vulnerabilidade social, apoiando a inserção dos mentorados no mercado de trabalho.

Em 28 de junho, todas as unidades da Kraft Heinz na América Latina terão um evento conduzido pelo Clima, braço de diversidade da Perestroika.

BNY Mellon

O BNY Mellon, instituição financeira com presença global, busca incentivar um ambiente de trabalho inclusivo, caracterizado pelo apoio e respeito aos colaboradores LGBTQIA+ por meio do grupo PRISM, criado em 2014 e que conta com aproximadamente 2.700 membros mundialmente.

Durante o mês de junho, o BNY Mellon vem promovendo iniciativas como posts de apoio à causa LGBTQIA+ nas redes sociais, conteúdo para explicar a importância dos pronomes (ele, ela, seu, sua), guia para ser aliado de pessoas trans e webinars, além de materiais visuais – assinatura de e-mail, background para as reuniões virtuais e e-mail banners – produzidos especialmente para a data com as cores da bandeira LGBT.

Este ano, promove o Transgender 101, que foca na aliança, educação e compreensão de pessoas trans com a presença de ativistas da causa e profissionais trans, inclusive do Brasil, para apoiar uma mudança positiva no mercado e na sociedade em geral. Além disso, o BNY Mellon tem parceria com a TransEmpregos, projeto de empregabilidade para pessoas transgêneras, para divulgação de vagas na companhia.

Mondelēz

A Mondelēz Brasil, líder global em snacks e dona de marcas como Bis, Lacta, Club Social, Tang, Trident, Halls e Oreo, vai promover a união entre as unidades de São Paulo, Curitiba e Pernambuco para transformar o período de orgulho em uma corrente solidária com arrecadação de agasalhos para doação a ONGs de cada localidade.

Promoveu rodas de conversas sobre a atuação das marcas em relação aos direitos LGBTQIA+ e a importância de todos se tornarem aliados contra o bullying institucional. Um encontro com Rita Von Hunty, ator e drag queen brasileiro, acontecerá na próxima semana para abordar as “micro agressões” em ambientes corporativos e como elas podem ser identificadas e erradicadas. A companhia tem, ainda, um banco de talentos exclusivo para o grupo de afinidade e todos os benefícios, como plano de saúde e previdência, são igualitários e cobrem casais homoafetivos.

Antes mesmo de ações regulatórias, a Mondelēz Brasil já atuava com políticas claras de zero tolerância à discriminação de orientação sexual e identidade de gênero, com tratamento dos colaboradores pelo nome social, ainda que não tenham sido oficializados, e deixa livre a escolha para o uso de vestiários e banheiros.

Carrefour

O Grupo Carrefour Brasil patrocinará o Palco da Diversidade, uma live comemorativa dos 25 anos da Parada LGBT de São Paulo. O evento, que será transmitido pelo canal do YouTube da Parada LGBT de São Paulo, da Blue Space e do Museu da Diversidade no dia 27 de junho, das 19h às 21h, tem o objetivo de divulgar o trabalho dos artistas que fizeram a história da Parada.

A companhia é signatária do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e possui um grupo de afinidade voltado especificamente à promoção e respeito aos direitos das pessoas pertencentes a essa comunidade, o TodXs+. Em abril, o Grupo Carrefour Brasil lançou o IDE (Inclusão, Diversidade e Equidade), programa de desenvolvimento e aceleração de carreira dos colaboradores de grupos minorizados, que incluem pessoas trans. Além disso, todos os sistemas de negócio do Carrefour também estão adaptados para receber o nome social de profissionais trans, mesmo que ainda não possuam seus documentos retificados.

Hash

A Hash, fintech do setor de meios de pagamento, promoveu na última quinta-feira (24), uma palestra com Rita von Hunty, professora, apresentadora de TV e drag queen. Destinado ao público interno, o bate-papo trouxe informações sobre os movimentos LGBT e drag, diferenciação entre sexualidade e identidade de gênero, além da importância da representatividade, inclusão, acolhimento e respeito às diversidades.

Diversidade e autenticidade são valores fundamentais para a Hash, que vem trabalhando ativamente em projetos concretos para tornar a startup cada vez mais inclusiva e diversa. Recentemente, a Hash contratou Julia Piccolomini, que atuará como Líder de Diversidade e Inclusão, desenvolvendo projetos especiais voltados ao assunto.

Burger King

O Burger King lançou a campanha “Como explicar?”, assinada pela agência David, um filme realizado em cocriação com especialistas em psicologia e diversidade, que propõe um convite à reflexão sobre a inclusão da comunidade LGBTQIA+ na sociedade. Retrata de forma genuína e espontânea a verdadeira perspectiva sobre a pluralidade e o amor, pelo olhar das crianças.

Ao longo do filme, os protagonistas da campanha compartilham sua visão sobre a diversidade, sempre acompanhados por seus responsáveis. As perguntas foram feitas por profissionais, e as respostas são completamente espontâneas, em uma gravação sem roteiro.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também