Acompanhe:

Hospital Santa Catarina-Paulista recebe a segunda recertificação da JCI

Selo JCI gold, conquistado pelo Hospital Santa Catarina, é compartilhado pelos 5 melhores hospitais do país, segundo a Revista "Newsweek"

Modo escuro

Continua após a publicidade
Hospital paulista conquista recertificação de um dos principais selos de Acreditação Hospitalar mundial (Hospital Santa Catarina - Paulista/Reprodução)

Hospital paulista conquista recertificação de um dos principais selos de Acreditação Hospitalar mundial (Hospital Santa Catarina - Paulista/Reprodução)

Nesta semana, o Hospital Santa Catarina-Paulista conquistou a segunda recertificação da Joint Commission International (JCI). Considerado no mercado como um dos mais rigorosos processos de Acreditação Hospitalar no mundo, o selo JCI é uma chancela às melhores práticas orientadas à qualidade e ao cuidado seguro no atendimento prestado pelas instituições hospitalares aos pacientes.

A recertificação é válida por três anos e é a segunda conquistada pela instituição paulistana. O Hospital Santa Catarina conquistou o selo pela primeira vez em 2017 e obteve a primeira recertificação em 2020, durante o auge da pandemia de covid-19, época em que os hospitais enfrentaram o maior desafio sanitário da história recente.

A avaliação da Joint Comission International

O selo da JCI gold é o mais aclamado de Acreditação Hospitalar no mundo, pois a Joint Comission International é a líder mundial em certificação de organizações de saúde e atua há mais de 50 anos com o objetivo de criar uma cultura de segurança e qualidade no cuidado ao paciente.

Além do Hospital Santa Catarina, os hospitais brasileiros que também possuem a certificação são: Hospitais Albert Einstein, Hospital Oswaldo Cruz, Hospital Sírio-Libanês e o Hospital Moinhos de Ventos, entre outros. Os cinco mencionados foram eleitos, recentemente, pela revista "Newsweek" como os melhores hospitais do país. Fora do Brasil, grandes instituições como Johns Hopkins e Cleveland Clinic, dois nos Estados Unidos, também são certificados. A premiação está presente em mais de 70 países com regras firmes e análises rigorosas.

“Ter o nosso esforço reconhecido por uma instituição tão importante como a JCI mostra que temos aqui um time de colaboradores, médicos, entre outros profissionais, engajados e comprometidos em prestar um atendimento humanizado e seguro aos nossos pacientes”, diz Rogerio Quintela Pirotto, diretor executivo do Hospital Santa Catarina-Paulista.

O hospital recebeu os avaliadores da JCI entre os dias 7 e 11 de agosto. Nesse período, foram analisados diversos fatores, tais como:

  • Direitos do paciente e da família;
  • Avaliação e atendimento dos pacientes;
  • Anestesia e cuidados cirúrgicos;
  • Gestão e uso de medicamentos;
  • Melhoria da qualidade e segurança do paciente;
  • Prevenção e controle de infecções;
  • Gestão e segurança das instalações;
  • Qualificação e educação de pessoal;
  • Gestão de informações.

Para alcançar os níveis de excelência exigidos pela empresa, o Hospital precisa apresentar dados, informações, estrutura e amostras com padrões altíssimos, o que dificulta a certificação e, ainda mais, a recertificação. 

Avaliação completa da admissão à alta

Após a análise feita por meio de “tracers” em prontuários, auditorias in loco e entrevistas com os colaboradores, os avaliadores verificam se o hospital cumpre os requisitos exigidos para garantir a segurança dos pacientes, em todo o processo de atendimento, cirurgia e internação, da admissão à alta. Eles também avaliam o trabalho de educação, treinamento e processos de melhoria contínua conduzidos pelos colaboradores.

“Fazemos com que os processos assistenciais sempre tenham uma sequência lógica, que vise sempre a segurança do paciente no processo assistencial. Entre as melhorias recentes, algo que nos auxiliou muito nessa missão foi a implementação de um software que verifica se a assistência anestésica foi feita dentro do planejado. Isso possibilita mais segurança para o médico, pois ele tem a certeza de que tudo que está registrado será ou já foi feito”, diz a Dra. Christiane Nicoletti, diretora técnica do Hospital Santa Catarina - Paulista.

Cultura de segurança

Outro ponto importante avaliado pela JCI é a gestão de informações, que garante que os registros e informações dos pacientes estão protegidos contra perda, adulteração e acesso não autorizado. Da mesma forma, a preocupação com a segurança também é avaliada no ambiente físico, nas instalações do hospital, para que os ambientes tenham planos de contingência e planejamentos elaborados para reduzir riscos aos pacientes, famílias, colaboradores e visitantes, incluindo inspeção, teste e manutenção de equipamentos.

“Todo este trabalho faz parte do nosso dia a dia. Além da cultura de humanização, intrínseca na nossa história desde a fundação, fortalecemos também a cultura da segurança e do cuidado com o nosso paciente”, pondera Julianna Sandes Soares, gerente de Qualidade do Hospital Santa Catarina - Paulista.

O diretor executivo do hospital também destaca o fato de que a segunda recertificação é um indicativo claro de que a segurança do paciente cada vez mais é um tema que permeia a cultura e as práticas de gestão da instituição. “O resultado demonstra que o cuidado seguro já está inserido na nossa cultura e se reflete nas práticas de gestão e nas atitudes dos nossos profissionais. Alinhada ao compromisso com a melhoria contínua e ao cuidado praticado com amor e ciência, esta cultura sedimenta a base sobre a qual edificamos nosso trabalho centrado no paciente. Temos um orgulho imenso de nossas equipes e gratidão pelo comprometimento diário com nossa missão e legado”, afirma.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Investimento em negócios de impacto social

Saúde suplementar: fraudes podem consumir até 2,3% de tudo o que é investido

Plant-based: Planta é planta e carne é carne. Uma verdade absoluta?

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Startup de saúde se une a ONG para usar sua tecnologia em mutirão no Paraná
Um conteúdo Bússola

Startup de saúde se une a ONG para usar sua tecnologia em mutirão no Paraná

Há um dia

Após pressão, Nísia anuncia ações para reduzir espera por exames e consultas no SUS
Brasil

Após pressão, Nísia anuncia ações para reduzir espera por exames e consultas no SUS

Há 3 dias

Homem mais velho do mundo revela o segredo da sua longevidade
Pop

Homem mais velho do mundo revela o segredo da sua longevidade

Há 4 dias

Saneamento e saúde: relação invisível, mas fundamental
Um conteúdo Bússola

Saneamento e saúde: relação invisível, mas fundamental

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais