Bússola
Um conteúdo Bússola

Fintech com apenas 4 anos fecha parceria que pode garantir seu primeiro bilhão em transações

Aliança com plataforma de e-commerce que mais cresce no mundo pode garantir aceleração para alcançar metas

Luís Eduardo Cascão, cofundador da Tino (Tino/Divulgação)

Luís Eduardo Cascão, cofundador da Tino (Tino/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 10 de junho de 2024 às 07h00.

Você sabe o que é um composable commerce? O modelo de serviço funciona como uma plataforma de e-commerce, mas com uma dedicação extra à personalização e criação de soluções completas para os varejistas, atacadistas e suas lojas virtuais.

Valendo US$ 1 bilhão na bolsa americana, a VTEX é a plataforma de e-commerce que mais cresce no mundo, segundo dados do “IDC Worldwide Digital Commerce 2019 Market Share”. 

A empresa oferece, na sua abordagem composable, cadastro de produtos, a integração de meios de pagamento, o cálculo de frete e outras funcionalidades. 

No Brasil, há 50 provedores de pagamento para o público B2C. Só o que faltava era uma opção de crédito para clientes B2B.

Aí entra a fintech Tino, nova parceira da VTEX que irá disponibilizar o serviço. Com mais de 40 mil lojistas em sua base, e com projeção de transacionar mais de R$ 1 bilhão este ano, a expectativa da parceria é de crescimento exponencial e expansão na sua participação de mercado do setor.

As expectativas das empresas

A Tino espera auxiliar na transformação digital de grandes indústrias e distribuidores, gerando mais de R$500 milhões em transações no primeiro ano da parceria.

Para a VTEX, oferecer uma solução de crédito para o B2B é especialmente vantajoso, pois atende a necessidade do varejo de alinhar o fluxo de caixa através de prazos com seus fornecedores, as indústrias e distribuidores.

“Consideramos a solução oferecida pela fintech arrojada e que promete eliminar os desafios de crédito que há muito assombram a indústria e, consequentemente, nossos clientes na VTEX”, diz Rafaela Rezende, gerente geral da empresa no Brasil.

Por que a VTEX escolheu a Tino?  

A Tino, criada em 2020 por Luís Eduardo Cascão e Pedro Sônego, lista as seguintes vantagens como diferencial competitivo e principais atrativos identificados pela VTEX na negociação da parceria:

  • Liberação de crédito em até 2 minutos no ambiente de compra, evitando o abandono de carrinho
  • Solução antifraude, acabando com o risco de perdas significativas
  • Multicanalidade, viabilizando vendas no checkout ou com o auxílio do vendedor
  • Integração simplificada, já adaptada para o ambiente VTEX.

“Temos um modelo sofisticado de limite de crédito e experiência de pagamento. Em uma única linha de código, incorporada na plataforma de vendas dos fornecedores, garantimos 100% do valor das vendas, enquanto reduzimos custos e potencializamos a conversão e o ticket médio”, completa Cascão.

Em novembro de 2021, a empresa captou, na série A, R$ 176 milhões em rodada liderada pela Addition. Dois meses antes, recebeu seu investimento seed – na ordem de R$45 milhões – da Kaszek, Monashees, GFC e ONEVC.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

 

Acompanhe tudo sobre:Fintechs

Mais de Bússola

SP terá semana dos shoppings centers no Expo Center Norte 

Bruno Serapião: COP 30, biocombustíveis e a importância do Brasil para a transição energética global

Gestão Sustentável: excesso de curto prazo quebra negócios e gera crises sistêmicas 

Bússola e Cia: uso da IA em fraude cresce no país

Mais na Exame