Acompanhe:

Por Danilo Maeda*

Uma das premissas para atuar em sustentabilidade é o entendimento de que todas escolhas e atitudes geram impactos. Das políticas públicas às estratégias corporativas. Dos acordos multilaterais à lista de compras para o supermercado. Nas grandes decisões, compromissos e metas e na forma como "gerimos" o guarda-roupa.

A indústria da moda é comumente apontada como uma fonte de grandes impactos ambientais e sociais. De fato, trata-se de um setor com  impactos relevantes na emissão de gases de efeito estufa, no uso de recursos naturais e com riscos sociais e trabalhistas nas cadeias de valor que precisam ser mitigados. Além disso, coloca em circulação um volume gigantesco de mercadorias, que ao final de seu ciclo de uso potencialmente contribuem para geração de resíduos que precisam ser tratados adequadamente.

Ação a favor da economia circular

Pensando nisso, a Fundação Ellen MacArthur criou em 2019 a Iniciativa de The Jeans Redesign, que estabeleceu um padrão mínimo para o setor criar e produzir peças alinhadas aos princípios da economia circular. As diretrizes abordaram critérios como durabilidade, rastreabilidade, reciclabilidade e utilização de materiais e processos seguros e foram adotadas pelas principais marcas do setor. 

Foi publicado recentemente um relatório com achados interessantes:

  • 70% dos participantes superaram desafios de design e inovação para atender às diretrizes do projeto;
  • Entre 2021 e 2023, 1,5 milhão de pares de jeans foram redesenhados por marcas para atender às diretrizes – três vezes mais do que em 2021. Uma em cada nove marcas redesenhou pelo menos 40% do seu portfólio de jeans;
  • Mais de ⅓ dos participantes aplicaram os princípios do design circular além dos jeans para outras peças de vestuário, incluindo jaquetas, camisas, bolsas e chapéus;
  • Mais de ⅔ dos participantes agora possuem modelos de negócios, ou oferecem serviços, projetados para manter os jeans em uso. Exemplos incluem serviços de aluguel, revenda e reparo.

Segundo a Fundação Ellen MacArthur, as descobertas do projeto destacam a necessidade de introduzir políticas públicas que criem condições equitativas como um padrão mínimo para todos os produtos. É uma forma de fazer a barra subir para todo o mercado. No caso, a barra das exigências por práticas responsáveis e não das calças – pois estas podem variar mais livremente (com o perdão pelo péssimo trocadilho).

Os autores também destacam que é fundamental que as políticas garantam o pagamento do verdadeiro custo das roupas – um custo que inclui aqueles relacionados às mudanças climáticas, poluição e perda de biodiversidade. Em outras palavras, internalizar as externalidades.

Em suma, na moda e em outros segmentos a diferença entre ser parte do problema ou da solução reside em uma execução diligente de um compromisso firme com o desenvolvimento sustentável e no engajamento contínuo para transformar em regra os bons exemplos que começam como exceções ou provas de conceito.

*Danilo Maeda é head da Beon, consultoria de ESG da FSB Holding

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

ESG: dá para mudar o mundo começando pelo prato?

Danilo Maeda: Contagem regressiva para evitar catástrofes climáticas

Os novos dados populacionais e os desafios para o Brasil

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Gestão Sustentável: algumas chaves para criação de valor sustentável
Um conteúdo Bússola

Gestão Sustentável: algumas chaves para criação de valor sustentável

Há 4 horas

Curitiba prepara mudança no transporte público com foco na descarbonização
Um conteúdo Esfera Brasil

Curitiba prepara mudança no transporte público com foco na descarbonização

Há 8 horas

Efeito Beyoncé: vendas de botas cowboy cresceram 45% após lançamento de álbum
Casual

Efeito Beyoncé: vendas de botas cowboy cresceram 45% após lançamento de álbum

Há 23 horas

Conheça o designer do MT que empreendeu com R$ 7 mil, ganhou o mundo e vendeu bolsa até para a Oprah
seloNegócios

Conheça o designer do MT que empreendeu com R$ 7 mil, ganhou o mundo e vendeu bolsa até para a Oprah

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais