Bússola
Um conteúdo Bússola

Cruz Vermelha arrecada 47 toneladas em doações para Petrópolis

Esta quarta-feira é o último dia que a entidade receberá as contribuições e na sequência os itens serão destinados aos desabrigados

Diretor executivo da CVSP parabeniza a população de São Paulo por atender prontamente o chamado da instituição. (Bruno Kaiuca/Zimmer Press/Estadão Conteúdo)

Diretor executivo da CVSP parabeniza a população de São Paulo por atender prontamente o chamado da instituição. (Bruno Kaiuca/Zimmer Press/Estadão Conteúdo)

B

Bússola

Publicado em 23 de fevereiro de 2022 às 19h06.

A Cruz Vermelha São Paulo (CVSP) já arrecadou mais de 47 toneladas em doações para as vítimas das chuvas de Petrópolis (RJ). Com as contribuições nos últimos seis dias, será possível ajudar os desabrigados com água, alimentos, produtos de higiene e limpeza, colchões, cobertores, roupas, entre outros.

Quem tiver interesse pode continuar contribuindo com alimentos não perecíveis (água mineral, leite em pó integral, arroz, feijão, farinha de mandioca, açúcar, óleo de soja, macarrão, polpa ou purê de tomate e sardinha em óleo comestível); produtos de higiene (sabonete, escova dental, creme dental, absorvente higiênico, papel higiênico e toalhas de banho); de limpeza (água sanitária, detergente em pó, desinfetante, esponja, multiuso e álcool gel 70%); equipamentos de proteção (máscaras e luvas); roupas infantis e adultas, colchões, cobertores, entre outros itens.

O posto de coleta continua funcionando 24 horas na sede da Cruz Vermelha São Paulo, na Avenida Moreira Guimarães, 699, Indianópolis. Quem optar por doações em dinheiro pode usar o pix sospetropolis@cruzvermelhasp.org.br e contribuir com qualquer valor. O montante arrecadado será usado para apoiar as ações da instituição e ajudar as demandas recebidas pelas equipes na gestão do desastre, como governo federal, estadual e municipal, além da Defesa Civil e das filiais que atuam localmente.

“Quero parabenizar a população de São Paulo por atender prontamente o chamado da Cruz Vermelha São Paulo e diversas outras instituições empenhadas em ajudar os desabrigados de Petrópolis. Seguimos empenhados em mais essa missão de ajudar as famílias que tanto precisam de assistência nesse momento tão complexo”, declara Bruno Semino, diretor executivo da Cruz Vermelha São Paulo.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Acompanhe tudo sobre:Cruz VermelhaMeio ambienteRio de Janeiro

Mais de Bússola

O que são contratos de representação comercial e como evitar insegurança jurídica

Como a Positivo aumentou seu lucro líquido em 655% em um ano

A volta da dupla Senna e Shell: marcas firmam parceria para promover lançamento de etanol aditivado

Bússola Cultural: Dia do Orgulho Nerd terá comemoração gratuita em São Paulo

Mais na Exame