Acompanhe:

Como um ecossistema digital pode ajudar na Black Friday

Quanto mais completo for o portfólio de soluções utilizado pela empresa, melhor será o desempenho

Modo escuro

Continua após a publicidade
Faturamento do e-commerce bateu R$ 5,4 bilhões na Black Friday em 2021 (rudall30/Getty Images)

Faturamento do e-commerce bateu R$ 5,4 bilhões na Black Friday em 2021 (rudall30/Getty Images)

B
Bússola

Publicado em 19 de outubro de 2022 às, 09h30.

Por João Paulo Amadio*

A Black Friday já se tornou uma das datas mais importantes do ano para o varejo brasileiro. Em 2021, o faturamento no e-commerce na data chegou a R$ 5,4 bilhões, segundo dados da Neotrust. Por isso mesmo, a cada ano, as empresas preparam suas estratégias e suas ferramentas para aproveitar ao máximo essa oportunidade de vendas.

Otimizar o desempenho na Black Friday, no entanto, exige atenção às mais diversas variáveis da operação no comércio eletrônico. Do gerenciamento do estoque à logística, passando pelo marketing digital e pela experiência de compra do consumidor, cada detalhe influencia o resultado das marcas.

Por isso mesmo, não basta contar com uma ou outra ferramenta digital para ser bem-sucedido na Black Friday. Quanto mais completo for o portfólio de soluções utilizado pela empresa, melhor será o desempenho. Na Infracommerce, temos um ecossistema digital independente e integrado, com as mais diversas soluções completas ou modulares para atender as necessidades operacionais do e-commerce

Esse ecossistema permite, por exemplo, ter uma projeção de estoque mais precisa para atender o aumento da demanda na Black Friday. Ao mesmo tempo, por meio do Customer Data Platform, é possível conhecer melhor o comportamento dos clientes para direcionar as ofertas com mais assertividade e impulsionar a taxa de conversão.

Com o ecossistema digital da Infracommerce, as empresas também podem reduzir os custos logísticos, tornando as ofertas da Black Friday mais competitivas. Soluções como o Delivery Hub, por sua vez, melhoram o desempenho nas entregas, aumentando a satisfação dos clientes.

Enquanto isso, a solução de Pagamentos Digitais proporciona mais comodidade para os consumidores, reduzindo a taxa de abandono dos carrinhos; e o sistema Antifraude & Charge Back aumenta a segurança de toda a operação.

Como se vê, a Black Friday é uma grande oportunidade para o varejo eletrônico. Mas ela é muito maior e mais rentável, quando seu negócio conta com as ferramentas certas, integradas de ponta a ponta.

*João Paulo Amadio é diretor comercial B2C da Infracommerce

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Como garantir que o comércio digital continue crescendo pós-pandemia?

Redes sociais e WhatsApp já respondem por 5% do faturamento da Camicado

Priscilla Levinsohn: Vendas físicas e digitais seguem em alta em 2022

Últimas Notícias

Ver mais
App Day: por que a Amazon vai dar descontos de até 50% só para quem comprar por celular
seloNegócios

App Day: por que a Amazon vai dar descontos de até 50% só para quem comprar por celular

Há 11 horas

RD Summit 2024 anuncia data e primeiros nomes da programação
seloMarketing

RD Summit 2024 anuncia data e primeiros nomes da programação

Há um dia

Vendas no varejo nos EUA sobem 0,7% em março ante fevereiro
Economia

Vendas no varejo nos EUA sobem 0,7% em março ante fevereiro

Há 2 dias

Os planos do e-commerce mais visitado do Brasil que faturou R$ 1,4 bilhão
Um conteúdo Bússola

Os planos do e-commerce mais visitado do Brasil que faturou R$ 1,4 bilhão

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais