Bússola
Um conteúdo Bússola

Amizade de milhões: história de amigos que fundaram negócios de sucesso

No Dia Internacional da Amizade conheça 8 histórias de amigos que se tornaram sócios

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 30 de julho de 2023 às 10h00.

O Dia Internacional da Amizade é comemorado no dia 30 de julho. A data foi criada em 2011 pela ONU e celebra a importância da amizade no convívio social. Para quem acredita na frase “amigos, amigos, negócios à parte”, misturar trabalho com relacionamentos interpessoais pode não dar certo, mas essa não é uma regra. É possível estabelecer relacionamentos comerciais bem-sucedidos com amigos. Com essa perspectiva em mente, reunimos histórias de nove empresas que foram fundadas por amigos e viraram um sucesso. 

Da esquerda à direita, Rodrigo Figueiredo, Rafael Figueiredo e Nahim Francis, os fundadores da D4Sign (D4Sign)

D4Sign 

A D4Sign é uma plataforma de assinatura eletrônica e digital fundada em 2015 por três amigos de infância: Rafael Figueiredo, Nahim Francis e Rodrigo Figueiredo. A ideia surgiu a partir de um desafio que Nahim teve em seu antigo trabalho: eliminar o uso de papel dentro da organização e digitalizar os processos da companhia. Com essa missão, ele lembrou de seu amigo Rafael Figueiredo e juntos desenvolveram a plataforma, completando o squad, no mesmo ano eles convidaram Rodrigo para ficar à frente do time comercial. Na pandemia, a empresa cresceu mais de 400%, e segue na contramão do mercado com novas contratações e grandes números alcançados como 80 milhões de documentos processados na plataforma e mais de 500 mil clientes atendidos.

Michelle Wadhy e Márcia Queirós, fundadoras da Fast Escova

Fast Escova

Fundada em 2018 pelas empreendedoras Márcia Queirós e Michelle Wadhy, a Fast Escova é a maior rede de escovarias da América Latina. A marca nasceu da conversa das duas amigas, ao identificarem a dificuldade em encontrar um salão que atendesse de forma rápida, sem a necessidade de agendamento e com serviço de qualidade.  Em menos de cinco anos, Márcia e Michelle já venderam mais de 200 unidades e faturaram 75 milhões em 2022. Com pontos espalhados por todas as regiões do Brasil, a rede incorpora o conceito Fast a outros serviços, desde penteados, unhas, sobrancelhas, maquiagem e até tratamentos capilares.

Da esquerda à direita: André Bain, Rafael Goldenberg, Nadav Peretz e Victor Lira (Siprocal)

Siprocal

Formados em engenharia pela Universidade de São Paulo (USP) e com experiência em mobile, engajamento de clientes, algoritmos e perfil de usuário, os amigos André Bain, Victor Lira e Nadav Peretz fundaram a Flowsense em 2016. Após a primeira rodada de investimentos, outro ex-aluno da Poli-USP entrou na sociedade: Rafael Goldenberg. Em 2021, a plataforma de mobile engagement passou a integrar o grupo de empresas comandadas pela DigitalReef. Em 2023, a DigitalReef anunciou uma fusão com Gamersclub e deu origem à Siprocal, empresa de publicidade digital que atua com a distribuição, monetização e engajamento para estratégias de mídia em celulares, TVs conectadas e games. Os quatro amigos seguem trabalhando juntos na nova fase do negócio. 

Camila Piccini, Fabio Camillo, Paula Raimo, sócios do Casar.com (foto: Marina Malheiros) (Casar.ME)

Casar.com

Há mais de 10 anos, as amigas Paula Raimo e Camila Piccini tornaram-se sócias ao assumirem a feira Casar - evento lançado em 2001 em São Paulo - vendida pela fundadora, Vera Simão. “A Paula atuava como Gerente de Vendas em um espaço que recebia os eventos do meu blog Say I Do, em que eu compartilhava dicas sobre organização de casamentos”, explica Piccini.As duas se juntaram ao administrador Fabio Camillo e fizeram da feira uma marca que oferece um produto digital, uma plataforma de listas de casamentos convertidas em dinheiro. Desde que assumiram a empresa, o negócio já cresceu 34 vezes e o evento está em sua 21ª edição.

Rodolfo Reis, CEO, Ana Abreu, COO e Daniel Morais, CTO (WeClever)

WeClever

Ana Abreu (COO) e Rodolfo Reis (CEO) se conheceram em 2015, quando trabalhavam na Leiturinha. “A ideia da WeClever surgiu em um almoço. Discutimos sobre como grande parte das empresas não sabe como criar um relacionamento duradouro com seus clientes. Nosso objetivo nesse momento era resolver essa dor”, conta Ana Abreu, COO da WeClever.A WeClever é pioneira em IA conversacional no Brasil e somente no ano passado faturou R$ 15 milhões. A executiva acredita que confiança é primordial em uma sociedade. “Ambos precisam ter as mesmas expectativas e vontade de fazer dar certo. Além disso, é importante ter objetivos e responsabilidades bem definidas para que cada um tenha espaço para contribuir. Uma boa comunicação é essencial”, finaliza Ana.

Leonardo Drummond e Eduarda Vieira (Kuba Audio)

Kuba Audio

Leonardo Drummond e Eduarda Vieira se conheceram na faculdade enquanto cursavam design de produtos na PUC, no Rio de Janeiro. Desde o início, planejavam abrir um escritório de Design. No entanto, tudo mudou quando Leonardo foi estudar empreendedorismo no MIT, nos Estados Unidos. Ele retornou ao Brasil com a ideia de unir sua paixão por fones de ouvido com o conhecimento adquirido em startups. Assim, em 2016, fundaram a Kuba Audio, uma marca brasileira que busca oferecer um produto inovador e 100% nacional. Tornaram-se a única marca de headphones e equipamentos de áudio com desenvolvimento e produção no Brasil.

(Da direita para a esquerda) David Politanski e Felipe Lombard (SweetSecrets)

Sweet Secrets

Inaugurado em 2021, o speakeasy e clube de membros, Sweet Secrets (SW), representa não apenas um novo conceito de exclusividade e networking, mas também uma nova etapa na amizade entre os seus fundadores, David Politanski e Felipe Lombardi. Ligados por meio da comunidade judaica e alguns colegas em comum, a amizade dos empreendedores começou há mais de dez anos, em um momento onde se encontraram durante negociações. Dali em diante, semanalmente eles marcavam presença em um poker para sócios, o que fortaleceu a relação de amizade entre os dois fundadores do SW.E deu super certo. Atualmente eles se complementam, já que um possui amplo conhecimento sobre negócios e o outro é um expert em bares e grandes eventos.

(Drip)

Drip

Fundada em 2021 pelos fundadores Patrick McDougall e Paulo Albuquerque, a Drip é um aplicativo para compras parceladas online, com pagamento por pix parcelado em 3x, sem taxas rotativas e com cashback de 2%. O início da parceria se deu quando os sócios trabalhavam juntos no Nubank e, após criarem uma boa relação profissional, ambos decidiram lançar a própria fintech por meio de um pagamento utilizando o Pix, com menos taxas e mais vantagens para consumidores e varejistas.A tecnologia dá a oportunidade para que consumidores tenham uma melhor experiência de compra, sem cartões de créditos ou taxas rotativas. Buscando melhorar a experiência de compra para os consumidores, o aplicativo aumenta a conversão e ticket médio dos e-commerces parceiros.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Ele começou com investimento pessoal e hoje sua fintech ultrapassa R$ 150 mi em crédito condominial

Márcio de Freitas: A alavanca de Arquimedes e Lula

ESG: dá para mudar o mundo começando pelo prato?

Acompanhe tudo sobre:EmpreendedorismoEmpreendedoresSucessoplanos-de-negocios

Mais de Bússola

Claudia Elisa Soares: ESG vai bem, obrigado

Como Inter, super app financeiro, lucrou R$ 195 mi apostando em IA generativa

Quem é a arquiteta que participa pela 6ª vez da mostra CASACOR assinando galeria de arte

Bússola Cultural: inscrições abertas para o 3° Concurso de Crônicas sobre futebol de várzea

Mais na Exame