5 dicas para se tornar relevante no YouTube e ganhar dinheiro com isso

Em um mercado competitivo, a empreitada de se tornar reconhecido está cada vez mais difícil, e talento só não basta

Por Pedro Gelli* 

Quem diria, décadas atrás, que ser um youtuber seria uma profissão de sucesso? Para muitos, a prática começou como uma brincadeira no quintal de casa, em um quarto sem muitos recursos tecnológicos e como um hobby. Mas com o “boom” do mercado audiovisual, a carreira de youtuber se tornou valorizada no mundo moderno, tornando-se fonte de renda. Alguns arriscam dizer que o Youtube é a nova televisão.

Mas a empreitada para se tornar reconhecido não é fácil. Hoje, o mercado é competitivo e com uma cartela variada de conteúdos e formatos. Não basta apenas ter talento. É necessário criar um plano estratégico de negócio. Pensando nisso, o fundador da Curta, hub de influenciadores e criador do canal Dicas do Gelli, no Youtube, Pedro Gelli, listou cinco caminhos para crescer digitalmente produzindo conteúdo.

Entenda o Youtube como um trabalho

Pode parecer estranho, mas, aqui no Brasil, o Youtube ainda não é visto como uma plataforma de trabalho. Se você quer crescer como youtuber, a primeira ação é encarar o desafio com seriedade, dedicação e persistência. É importante trabalhar, comemorar as vitórias e não ser tão duro consigo mesmo.

Defina metas

Pode parecer uma dica clichê, mas você precisa ter um plano estabelecido. Defina o tempo que será dedicado ao canal. Organize um cronograma fixo de postagens por semana, tente não falhar. Crie uma meta de seguidores para ser atingida em um ano, seja realista na definição, mas trabalhe duro para alcançar o objetivo.

Compreenda o seu público

Crie conteúdos que encantem seu público. Caso opte por um segmento, por exemplo o de gamers, você deve entender quais são os conteúdos que estão sendo mais procurados pelos fãs de games para te ajudar a montar os roteiros dos vídeos. Falar da maneira correta com o público trará mais recomendações, visualizações e, consequentemente, o canal será mais ranqueado na plataforma.

Outro ponto importante, é preciso tratar bem a audiência. Respondendo os comentários no canal, interagir nas redes sociais e ver perguntar qual tipo de vídeo os usuários gostariam de ver no canal.

Crie títulos e thumbs atraentes

Um título atrativo é basicamente criar um “clickbait ético” com palavras chamativas, mas sempre relacionado ao conteúdo. Essa prática converte as visualizações e inscrições. Seja honesto com seu público e fuja do "clickbait'', conhecido como clique isca, que não tem nada haver com o conteúdo apresentado no vídeo. As thumbs marcam o primeiro contato do usuário com seu conteúdo. Seja em uma pesquisa no Youtube ou quando o vídeo é compartilhado no WhatsApp. A imagem escolhida é responsável por 60% da intenção de clique do usuário em seu vídeo. É muito importante investir na estratégia, para gerar visualizações.

Aprenda a coletar dados do Youtube Analytics

O Youtube Analytics, ferramenta do Youtube, traz um pacote de dados interessantes para quem quer decolar na plataforma. Por meio da ferramenta, é possível exportar um grande conjunto de métricas de desempenho de seus vídeos. O Youtube gera um resumo de alto nível do desempenho do canal e dos vídeos publicados, que apresenta as visualizações, o tempo de exibição, os inscritos e a receita estimada, caso você tenha parcerias na plataforma.

*Pedro Gelli, o Gelli Clash, é fundador da Curta, hub de influenciadores, empreendedor no Youtube e influenciador digital

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também