Brasil

SP inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil

A vacinação é direcionada para crianças entre um e cinco anos de idade e acontece até 14 de junho

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 27 de maio de 2024 às 10h54.

O governo de São Paulo inicia nesta segunda-feira, 27, a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil). A vacinação é direcionada para crianças entre um e cinco anos de idade e acontece até 14 de junho.

A expectativa da administração estadual é imunizar 95% das crianças. Em 2022, a cobertura vacinal em todo o estado foi de 77,13%. Já em 2023, ficou em 85,65%, de acordo com o Painel de Monitoramento da Coberturas Vacinais do Ministério da Saúde.

A doença foi erradicada do Brasil desde 1994. A diretora de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES-SP),  Ligia Nerger, aponta que a vacinação é fundamento para a redução do risco da volta do poliovírus no Brasil. 

“A poliomielite acaba trazendo complicações ao longo da vida, que chamamos de síndrome pós-pólio. Mas, graças à vacinação, nós não temos contato com pessoas que foram afetadas. No entanto, ainda há a circulação do vírus no mundo. Por isso, a estratégia de vacinação existe. Além de proteger nossas crianças, contribui com a erradicação da poliomielite”, afirma, em nota.

Atualmente, o país está em processo de transição para a substituição das duas doses de reforço da vacina oral poliomielite (VOP) para um reforço com vacina inativada poliomielite (VIP). A previsão é de que a medida seja adotada no segundo semestre de 2024.

O que é poliomielite?

A poliomielite, doença infectocontagiosa aguda, é caracterizada pela contaminação pelo poliovírus que pode causar paralisia muscular dos membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível, em casos graves podendo evoluir a óbito, sendo a vacinação a principal forma de prevenção.

Quem deve tomar a vacina contra a paralisia infantil

vacinação é direcionada para crianças entre um e cinco anos de idade.

Quais os sintomas da doença?

A maioria das pessoas infectadas não manifesta sintomas ou apresenta poucos sintomas e estes são parecidos com outras doenças virais como:

  • Febre
  • Mal-estar
  • Dor de cabeça
  • Dor de garganta e no corpo
  • ⁠Sintomas gastrointestinais (náuseas e vômitos)
  • Constipação (prisão de ventre)
  • Espasmos
  • Rigidez na nuca
  • Meningite
Acompanhe tudo sobre:CriançasVacinas

Mais de Brasil

Rodoviária de Porto Alegre reabre depois de um mês sem funcionar

Comissão da Câmara aprova PL que inclui plano de saúde pet como benefício da CLT

Paulo Gonet sugere pagar adicional para procuradores de cidades com menos de 30 mil habitantes

Enem 2024: prazo de inscrição termina nesta sexta-feira

Mais na Exame