Brasil

Inmet alerta para chuvas intensas em SP, e onda de frio provoca geadas no Sul; veja previsão

No Nordeste, instituto também emitiu dois alertas de 'Perigo Potencial' para acumulado de chuvas

 (Allison Sales/FotoRua/NurPhoto/Getty Images)

(Allison Sales/FotoRua/NurPhoto/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 10 de julho de 2024 às 06h33.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alertou para chuvas intensas em São Paulo, Paraná e no Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira. Além disso, a massa de ar polar vinda da Argentina que atinge o sul do país também pode voltar a provocar geadas no Rio Grande do Sul e chuvas intensas em todo o litoral de Santa Catarina. Já no Rio de Janeiro, a previsão é de chuva fraca ao longo da madrugada e pela manhã.

Veja os avisos do Inmet para esta quarta-feira

Na região Sul, o Inmet emitiu um alerta de "Perigo" para a chegada de uma onda de frio para quase todo o Rio Grande do Sul no último sábado. O aviso vai até esta quarta-feira. A onda de frio é em decorrência de uma massa de ar polar que estava entre o centro da Argentina, Uruguai e na metade sul do estado gaúcho. Com isso, as temperaturas caíram e geadas foram registradas. Com isso, também há um aviso de "Perigo Potencial" para geadas na região centro-sul do estado gaúcho.

Já na área metropolitana de Porto Alegre, há um aviso de "Perigo Potencial" para chuvas intensas. O alerta também se estende para o nordeste do RS e todo o litoral catarinense. A previsão é de chuvas até 50mm/dia e ventos intensos (40-60km/h). Também há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

No Paraná, há previsão de chuvas intensas, principalmente no norte do estado e na região metropolitana da capital Curitiba. O aviso destaca que pode chover de 50 e 100 mm/dia com ventos intensos. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

No Sudeste, há dois alertas de chuvas intensas, um de "Perigo" e outro de "Perigo Potencial" para áreas de São Paulo, como litoral paulista, macro metropolitana e região metropolitana da capital. Os alertas também abrangem áreas do Mato Grosso do Sul e do Paraná. Segundo o Inmet, pode chover de 50 e 100 mm/dia com ventos intensos. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Já no Rio de Janeiro, segundo o Alerta Rio, por conta da circulação de um sistema de baixa pressão, o céu deve ficar nublado com chuva fraca durante a madrugada e pela manhã. Os ventos devem ficar moderados e as temperaturas devem ficar entre 19ºC e 30ºC.

Por conta da influência de mais uma nova frente fria, a partir de sexta-feira, as temperaturas devem voltar a cair, e o próximo fim de semana também será de termômetros mais amenos, principalmente em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

No Nordeste, o instituto emitiu dois alertas "Perigo Potencial" para acumulado de chuvas. As áreas que devem ser atingidas são nordeste da Bahia, mata e agreste de Pernambuco, e região metropolitana de Recife, leste, sertão e agreste de Sergipe, leste e agreste de Alagoas e leste e agreste do Rio Grande do Norte. Os dois avisos vão até às 10h desta quarta.

Segundo o aviso, deve chover até 50mm/dia, com baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos em cidades com áreas de risco.

 

Acompanhe tudo sobre:SudesteSulRegião NorteRegião NordesteClima

Mais de Brasil

Massa de ar polar causa geadas e onda de frio no Sul; chuvas fracas em SP e RJ; veja previsão

Desigualdade no Brasil deve ser combatida com responsabilidade fiscal, aponta Armínio Fraga

Nunes tem 26%, Boulos, 25%, e Marçal, 11%, aponta agregador EXAME/IDEIA

Relatório aponta que teor alcoólico de pães poderia ser pego no bafômetro

Mais na Exame