Brasil

Por questões de saúde, David Uip se afasta de cargo no governo de SP

O chefe do Centro de Contingência da covid-19 em SP já se infectou com a doença, mas ainda não há informações se ele a contraiu novamente

Uip: médico pediu licença do cargo após se sentir mal na última quarta-feira, 6 (Governo do Estado de São Paulo/Fotos Públicas)

Uip: médico pediu licença do cargo após se sentir mal na última quarta-feira, 6 (Governo do Estado de São Paulo/Fotos Públicas)

CC

Clara Cerioni

Publicado em 8 de maio de 2020 às 14h08.

Última atualização em 8 de maio de 2020 às 14h57.

O infectologista David Uip, chefe do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, pediu licença do cargo nesta sexta-feira, 8. O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, assume o cargo até a volta de Uip.

Segundo informou o médico, na ultima quarta, 6, ele teria se sentido mal e, por recomendação médica, ficará afastado por alguns dias.

Uip já se infectou com a covid-19, mas ainda não há informações se ele contraiu novamente a doença. O afastamento foi anunciado pelo governador João Doria (PSDB), que leu uma carta enviada pelo médico na entrevista coletiva que prorrogou a quarentena no estado até 31 de maio.

"Ao governador do estado de São Paulo, João Doria

Na última quarta-feira, dia 6 de maio, senti um mal-estar, com alterações cardiológicas e clínicas. Após avaliação médica, iniciei uma bateria de exames para elucidação diagnóstica.

Hoje me sinto melhor, mas, por recomendação médica, precisarei ficar afastado das minhas atividades do Centro de Contingência do Coronavírus do Estado de São Paulo por alguns dias.

Fico entristecido de, neste momento difícil de crise, de uma pandemia muito séria, que tem causado tantos óbitos em nosso estado e gerado grande sofrimento entre os brasileiros de São Paulo que perderam familiares e amigos queridos, não poder estar fisicamente presente.

No entanto, tenho a plena convicção de que São Paulo está no caminho certo. E está salvando vidas.

A colaboração dos meus 15 colegas do Centro de Contingência, formado por médicos, cientistas, virologistas, professores e pesquisadores, tem sido fantástica.

A união de esforços desse grupo de voluntários tem contribuído de forma inequívoca para definir estratégias tanto de enfrentamento da epidemia quanto de assistência à população na rede pública de saúde.

Agradeço ao governador João Doria e aos secretários de Estado e ao vice-governador Rodrigo Garcia por todo o apoio e suporte que nos tem oferecido.

Fico temporariamente afastado e espero estar recuperado, para retomar minha contribuição ao Centro de Contingência do Coronavírus, o Comitê de Saúde do Estado de São Paulo.

Muito obrigado e até breve.

David Uip"

Acompanhe tudo sobre:CoronaJoão Doria Júniorsao-paulo

Mais de Brasil

Novo Ensino Médio: após idas e vindas, comissão do Senado aprova projeto; veja principais pontos

Jantar organizado por Tarcísio deve selar indicação de ex-coronel da PM a vice de Nunes

Não pedimos subsídios, queremos incentivos, diz CEO da Volkswagen Caminhões sobre descarbonização

Com bateria de nióbio, Volkswagen lança protótipo de ônibus elétrico que carrega em 10 minutos

Mais na Exame