Brasil

Obra do metrô vai interditar trecho da Avenida Paulista por três anos

A interdição começou às 22h desta quinta-feira, 27, para preparação do canteiro de obras

A interdição começou às 22h desta quinta-feira, 27, para preparação do canteiro de obras (Germano Lüders/Exame)

A interdição começou às 22h desta quinta-feira, 27, para preparação do canteiro de obras (Germano Lüders/Exame)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 28 de julho de 2023 às 11h25.

Última atualização em 28 de julho de 2023 às 18h19.

O trecho da Avenida Paulista entre as ruas Bela Cintra e da Consolação, na região central de São Paulo, vai ficar parcialmente interditado nos próximos três anos, para a construção um novo túnel ligando as estações de metrô Consolação (Linha 2-Verde) e Paulista (Linha 4-Amarela).

A interdição começou às 22h desta quinta-feira, 27, para preparação do canteiro de obras.

O Metrô afirmou que vai remanejar os equipamentos de utilidade pública do trecho, como ciclovia e ponto de táxi, para liberar o espaço onde será montado o canteiro. Será bloqueado o retorno de veículos na Avenida Paulista entre a Praça do Ciclista e a Rua da Consolação. Os espaços para a passagem de pedestres e ciclistas serão preservados.

Obra

O novo túnel será construído pelo método austríaco NATM, no qual primeiro se chega à profundidade desejada e depois se inicia a escavação horizontal até o ponto de destino. Serão cerca de 90 metros de extensão com profundidade que vai variar entre 20 e 25 metros, 7,5 metros de largura por 5,5 metros de altura.

A estrutura também vai contar com equipamentos de ventilação e sensores para a contagem dos passageiros que fazem a transferência entre as duas estações.

A nova passagem terá capacidade para receber 18 mil pessoas por hora e deve ser usada pelas pessoas que seguem da estação Consolação (Linha 2-Verde) para a Paulista (Linha 4-Amarela), liberando a atual ligação, hoje usada nos dois sentidos, para ser usada só para quem segue da Paulista para a Consolação.

Leia também:

Acompanhe tudo sobre:Obras públicassao-paulo

Mais de Brasil

Manifestantes voltam à Avenida Paulista para ato contra o PL do Aborto

Greve nas universidades federais: o que reivindicam os professores e quais são as ofertas do governo

Enel confirma a Lula investimento de R$ 20 bi para acabar com apagões

Enchentes paralisaram 63% das indústrias gaúchas, revela pesquisa

Mais na Exame