Acompanhe:

Moreira Franco: Eleição é questão pequena perto da intervenção

O ministro negou que a intervenção federal na segurança fluminense tenha fins eleitoreiros

Modo escuro

Continua após a publicidade
Moreira Franco: "As pessoas do Rio estão engajadas em viver em paz" (Ueslei Marcelino/Reuters)

Moreira Franco: "As pessoas do Rio estão engajadas em viver em paz" (Ueslei Marcelino/Reuters)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 22 de fevereiro de 2018 às, 21h55.

O Ministro-chefe da secretaria-geral da Presidência da República, Moreira Franco, afirmou que as eleições presidenciais de 2018 são uma causa muito pequena perto dos episódios de violência no Estado do Rio de Janeiro. Ele negou que a intervenção federal na segurança fluminense tenha fins eleitoreiros e que o objetivo seja favorecer o presidente Michel Temer em uma possível candidatura.

"Não há compromisso e preocupação tão pequena quanto querer subordinar uma política pública essencial e urgente para o Brasil como qualquer missão de natureza eleitoral", afirmou.

Há a expectativa do governo, no entanto, de que a intervenção da segurança do Rio agrade a população. "As pessoas do Rio estão engajadas em viver em paz".

Moreira disse também que o presidente Temer recomendou aos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, "que não faltasse recurso" para financiar a intervenção federal no Estado.

Segundo o ministro, a criação do ministério da Segurança Pública, recém anunciada, dá a dimensão da visão do governo sobre a violência no País. "A operação não é localizada. Está no Brasil inteiro. Daí o ministério para coordenar e preservar o direito da sociedade civil de ir e vir.

Últimas Notícias

Ver mais
STF avaliará relatório sobre irregularidades identificadas em câmeras corporais de policiais no Rio
Brasil

STF avaliará relatório sobre irregularidades identificadas em câmeras corporais de policiais no Rio

Há 5 horas

Rio começa a imunizar crianças de 12 anos contra a dengue
Brasil

Rio começa a imunizar crianças de 12 anos contra a dengue

Há 9 horas

Líderes de gangues no Haiti exigem a renúncia do primeiro-ministro após fuga em massa de detentos
Mundo

Líderes de gangues no Haiti exigem a renúncia do primeiro-ministro após fuga em massa de detentos

Há 9 horas

Juízes e políticos do Equador são detidos por supostos vínculos com narcotráfico
Mundo

Juízes e políticos do Equador são detidos por supostos vínculos com narcotráfico

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais