Brasil

Ministério da Saúde incorpora vacina contra dengue no SUS e planeja imunização a partir de fevereiro

Como as doses são limitadas, em 2024 a previsão é de que 3 milhões de pessoas sejam vacinadas

Dengue: doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti (Joao Paulo Burini/Getty Images)

Dengue: doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti (Joao Paulo Burini/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 21 de dezembro de 2023 às 18h07.

Última atualização em 21 de dezembro de 2023 às 19h53.

A vacina contra a dengue foi incorporada nesta quinta-feira ao SUS, anunciou a ministra da Saúde, Nísia Trindade. O Brasil será o primeiro país do mundo a incluir a vacina em seus sistema único de saúde.

O imunizante, entretanto, não será aplicado em larga escala inicialmente em razão da capacidade limitada do laboratório para a sua produção.

"Teremos de priorizar áreas e grupos mais vulneráveis. Essa é a orientação do Conitec, que avalia fatores como o acesso e a relação custo-benefício", afirmou a ministra em suas redes sociais.

Em 2024, de acordo com a ministra, serão oferecidas 6,2 milhões de doses para um grupo de 3,1 milhões de pessoas. A vacinação começará em fevereiro. A expectativa da pasta é que um acordo possa ser feito com o laboratório Takeda, responsável pela produção da vacina, para que o imunizante também seja fabricado no Brasil.

"Estamos discutindo uma transferência de tecnologia com a empresa e é muito provável que consigamos um resultado positivo. Temos dois grandes laboratórios, o Instituto Butantã e a Fiocruz, com capacidade de produção para chegarmos à escala de que nosso país e população precisam.

Nas próximas semanas, o Ministério, por meio do Programa Nacional de Imunizações, irá definir a estratégia de utilização das 6 milhões de doses, definindo o público-alvo e as regiões com maior incidência da doença.

Acompanhe tudo sobre:DoençasDengueSUS

Mais de Brasil

Censo 2022: Brasil tem 106,8 milhões de endereços, um aumento de 19,5% em relação ao Censo anterior

Um em cada oito endereços do Brasil fica dentro de condomínios, indica Censo

Censo: quase um quarto dos endereços do Brasil não tem número; confira o ranking por estado

Dos 33 deputados favoráveis ao PL que equipara aborto a homicídio, 11 são mulheres

Mais na Exame