Acompanhe:

Em meio a uma crise na articulação política do governo com o Congresso, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou nesta segunda-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou que sejam feitas conversas com partidos que comandam ministérios para cobrar fidelidade da base.

As primeiras reuniões, segundo o ministro, serão com PSB e PSD. Depois, com MDB e União Brasil. Padilha afirmou que “certamente” será debatida na reunião com ministros e respectivas bancadas os votos que os partidos entregam no Congresso.

"Você tem o Ministério das Cidades, um dos autores do saneamento. A bancada do MDB votou contra. É o momento do ministério e representantes da bancada e a articulação política entenderem os motivos. E isso vai ser feito num ambiente o mais tranquilo possível", afirmou.

Críticas à atuação de Padilha no Governo

Sobre as críticas à sua atuação, o ministro se defendeu:

"Estou acostumado com as tarefas desse cargo, não sou marinheiro de primeira viagem. Sei que é um cargo que o tempo todo as pessoas discutem e temos tranquilidade para seguir as prioridades estabelecidas".

Semana de 'derrotas'

O governo vem de semanas de derrotas no Congresso. Foram criadas quatros comissões parlamentares de inquérito (CPIs). Uma delas, a CPI dos Atos Golpistas, é conjunta na Câmara e no Senado. As outras três são da Câmara. Entre elas, a CPI do MST, que pode causar desgaste ao governo.

Na semana passada, a Câmara derrubou um decreto de Lula que alterava o marco do saneamento básico. Mesmo partidos que têm ministros votaram contra o governo.

"Temos tido muitas vitórias. Tivemos uma derrota na semana passada, é raríssimo time ser campeão invicto. Pra ser campeão você não pode perder a final. Estamos construindo um time, uma base, para ganhar e ser vitorioso nas votações prioritárias".

O ministro falou com a imprensa após uma reunião com Lula, na qual foi tratada a estratégia de diálogo com a Câmara e com o Senado.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
PF prende dono de sítio suspeito de ajudar fugitivos de presídio de Mossoró
Brasil

PF prende dono de sítio suspeito de ajudar fugitivos de presídio de Mossoró

Há 12 horas

Em primeiro voto no STF, Dino é a favor de vínculo empregatício entre Uber e motoristas
Brasil

Em primeiro voto no STF, Dino é a favor de vínculo empregatício entre Uber e motoristas

Há 12 horas

Mendonça autoriza empresas a renegociarem acordos de leniência fechados na Lava-Jato
Brasil

Mendonça autoriza empresas a renegociarem acordos de leniência fechados na Lava-Jato

Há 14 horas

Projeto de lei quer proibir que motorista de aplicativo cobre passageiro pelo uso do ar-condicionado
Brasil

Projeto de lei quer proibir que motorista de aplicativo cobre passageiro pelo uso do ar-condicionado

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais