Brasil

Lei que obriga água gratuita em shows avança em São Paulo

Projeto está em tramitação na Alesp depois da morte de Ana Benevides no Rio de Janeiro em 2023

Plateia em show do Rock in Rio (Buda Mendes/Getty Images)

Plateia em show do Rock in Rio (Buda Mendes/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 7 de junho de 2024 às 13h08.

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou projeto de lei que cria a lei Ana Benevides - que garante o acesso gratuito de garrafas d’água aos consumidores em eventos artísticos, shows e festivais de música.

O nome da lei é uma homenagem à Ana Benevides, a jovem sul-mato-grossense que faleceu, aos 23 anos, por desidratação durante o show de Taylor Swift, no Rio de Janeiro, em novembro de 2023.

Segundo o relator do projeto, deputado estadual Enio Tatto (PT), várias cidades já têm legislação de obrigatoriedade de fornecimento de água em bares, restaurantes e casas noturnas. E que festivais musicais já adotam este expediente, instalando bebedouros em vários pontos, para consumo do público.

"A crise climática está provocando impactos diretos na saúde pública de maneira preocupante. O aumento extremo das temperaturas resulta em riscos elevados de insolação, desidratação e até mesmo mortes afetando, especialmente, idosos e crianças”, lembra o deputado estadual paulista.

Acompanhe tudo sobre:Taylor SwiftShows-de-música

Mais de Brasil

Os problemas mais graves para os paulistanos? Segurança e serviços de saúde precários, aponta Gerp

Boulos lidera entre jovens e idosos e Nunes vai melhor entre adultos, aponta Gerp

Governo Tarcísio é aprovado de 58% e reprovado por 31% na cidade de SP, aponta pesquisa Gerp

Governo Lula é aprovado por 43% e reprovado por 47% na cidade de SP, aponta pesquisa Gerp

Mais na Exame