Junho terá nova onda de frio no meio do mês, diz meteorologista

Massa de ar polar deverá chegar aos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro
Nova massa de ar frio polar deve atingir o Brasil entre os dias 9 e 16 de junho (RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/Estadão Conteúdo)
Nova massa de ar frio polar deve atingir o Brasil entre os dias 9 e 16 de junho (RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/Estadão Conteúdo)
A
Agência O GloboPublicado em 02/06/2022 às 07:36.

Uma massa de ar frio polar deverá chegar à região centro sul do Brasil em meados de junho, entre os dias 9 e 16, jogando para baixo as temperaturas nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro.

No entanto, segundo o meteorologista Marcio Cataldi, da Universidade Federal Fluminense (UFF), o mês como um todo deve ser menos frio que maio.

— Teremos uma queda bem acentuada na temperatura, tanto na mínima quanto na máxima. Até lá as temperaturas não devem baixar muito e o restante do mês não deve ser tão frio — disse Cataldi.

O mês de maio deste ano foi considerado atípico pelos especialistas, com temperaturas mais baixas que o normal.

Segundo Cataldi, a distância temporal até a data da chegada da massa de ar frio polar torna difícil precisar o quão grande será a queda de temperatura.

— Então, se considerar o Alto da Boa Vista, pode chegar a uma mínima de uns 12 a 13 graus, e a máxima deve cair bem, ficando entre 20 e 22 — diz o professor, ressaltando possibilidade desses números variarem, para cima ou para baixo.

VEJA TAMBÉM:

Alpinistas enfrentam vendaval e frio de -12º em pico no Paraná; veja vídeo

Como fazer o chocolate quente perfeito? Dicas definitivas para não errar

Onda de frio e neve: 5 dicas para economizar na conta de luz