Brasil

Itaú diz que busca da PF foca processos tributários do BankBoston

Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira nova fase da operação Zelotes, que investiga suspeitas de manipulação de julgamentos no Carf

Banco Itaú: operação da Polícia Federal nesta manhã mirou no banco (Thomas Locke Hobbs/Wikimedia Commons)

Banco Itaú: operação da Polícia Federal nesta manhã mirou no banco (Thomas Locke Hobbs/Wikimedia Commons)

R

Reuters

Publicado em 1 de dezembro de 2016 às 10h36.

São Paulo - O Itaú Unibanco confirmou que a Polícia Federal fez diligência nas dependências da instituição nesta quinta-feira, com o objeto da operação sendo documentos relativos a processos tributários do BankBoston, segundo nota do banco à imprensa.

A instituição financeira disse que o contrato de aquisição com o Bank of America das operações do BankBoston do Brasil, em 2006, não abrangeu a transferência, para o Itaú, dos processos tributários do BankBoston e que por isso "esses processos continuaram de inteira responsabilidade do Bank of America".

"O Itaú não tem qualquer ingerência em tal condução, inclusive no que se refere à eventual contratação de escritórios ou consultores", disse o banco na nota.

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira nova fase da operação Zelotes, que investiga suspeitas de manipulação de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

Acompanhe tudo sobre:ItaúOperação ZelotesPolícia Federal

Mais de Brasil

Em discussão em SP e Paraná, "privatização" de escolas tem apenas um projeto em operação no Brasil

Passe livre para estudantes pode ser padronizado; entenda o que deve mudar com projeto do Senado

Eleições: PL e PT vão receber os maiores valores do fundo eleitoral; veja valor para cada partido

Comissão do Senado deve votar novo Ensino Médio nesta terça-feira; veja o que pode mudar

Mais na Exame