Brasil

Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar

Também participam os presidentes do STF, ministro Dias Toffoli, e do STJ, ministro João Otávio de Noronha, e o ministro Raul Jungmann

Wilson Witzel: governador eleito do Rio de Janeiro organiza encontro para discutir segurança pública (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Wilson Witzel: governador eleito do Rio de Janeiro organiza encontro para discutir segurança pública (Antonio Cruz/Agência Brasil)

AB

Agência Brasil

Publicado em 12 de dezembro de 2018 às 06h50.

Segurança pública será o tema central da segunda reunião dos governadores eleitos e reeleitos, que ocorre hoje (12) em Brasília, na sede do Conselho Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Até ontem à noite, 21 governadores e um vice-governador haviam confirmado presença. O futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, também deverá participar do debate.

O encontro é organizado pelos governadores eleitos do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e de São Paulo, João Doria (PSDB).

Além de Moro, vão participar os presidentes do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, e do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, bem como o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Na última reunião, em novembro, os governadores combinaram que levariam para debate temas consensuais. Foram definidos 13 assuntos prioritários dos estados.

Algumas propostas, como as reformas da Previdência, administrativa e tributária, são listadas como necessárias, mas os governadores não têm posição conjunta sobre quais pontos devem ser aprovados.

Acompanhe tudo sobre:GovernadoresRaul JungmannSegurança públicaSergio MoroSTJSupremo Tribunal Federal (STF)

Mais de Brasil

Caso Marielle: STF analisa nesta terça-feira denúncia contra acusados de mandar matar vereadora

Inmet alerta para baixa umidade em pelo menos 12 estados e mais chuvas em Porto Alegre

Em discussão em SP e Paraná, "privatização" de escolas tem apenas um projeto em operação no Brasil

Passe livre para estudantes pode ser padronizado; entenda o que deve mudar com projeto do Senado

Mais na Exame