Acompanhe:

Empresa privada e Inmetro vão certificar segurança do Enem

Objetivo é impedir novos problemas no exame como aconteceu nos últimos anos

Modo escuro

Continua após a publicidade
Alunos entram para fazer o Enem: 140 mil salas serão usadas no exame (José Cruz/EXAME.com)

Alunos entram para fazer o Enem: 140 mil salas serão usadas no exame (José Cruz/EXAME.com)

A
Amanda Cieglinski

Publicado em 5 de novembro de 2013 às, 18h08.

Brasília – A edição 2011 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contará com a supervisão do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e de uma empresa de governança e gestão de risco para evitar que se repitam os erros das edições anteriores. Polícia Federal, Forças Armadas, secretarias de Segurança Pública estaduais e Polícia Rodoviária Federal continuarão dando apoio logístico e de segurança para o Enem.

No ano passado, erros de impressão em cadernos de prova e folhas de resposta tumultuaram o exame, que teve que ser reaplicado para um grupo de estudantes prejudicado pelos problemas. Em 2009, o certame teve que ser adiado porque um exemplar da prova foi roubado da gráfica contratada para imprimir o material. Apesar dos problemas, a presidenta do Intituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Malvina Tuttman, disse que os processos estão sendo aperfeiçoados a cada edição.

“O Enem deu certo, tanto é que temos cada vez mais instituições que querem fazer uso do exame para o ingresso de estudantes no ensino superior, para a certificação de adultos, para o mundo do trabalho. Se o Enem não tivesse dado certo, não teríamos quase 4,6 milhões de participantes no evento do ano passado. Como todo e qualquer processo, ele precisa ser cada vez mais aperfeiçoado. Mas o Enem é irreversível”, assegurou ela.

O Inmetro e a empesa Módulo irão acompanhar todas as etapas do Enem, da matriz da prova até a aplicação dos testes e a publicação dos resultados, para certificar que os procedimentos de segurança e qualificação foram atendidos. Um grupo de logística também foi criado no Inep para supervisionar o processo passo a passo.

Segundo Dênio Menezes, diretor de Gestão e Planejamento do instituto, a Módulo irá checar 1.276 itens que compõem todo o processo. Se, por exemplo, os editais atendem às exigências legais ou os requisitos de segurança para impressão das provas foram cumpridos.

Os Correios continuam sendo responsáveis pela distribuição das provas para todo o país, assim como foi mantido o consórcio formado pelo Cespe e pela Cesgranrio para elaboração da prova. De acordo com Malvina Tuttman, o Enem deste ano deverá ter 12 mil locais de prova em 1.599 municípios, totalizando 140 mil salas.

"As fragilidades que ocorreram não ocorrerão em 2011. Digo a todos aqueles que queiram fazer a prova que se preocupem em estudar e qualificar-se cada vez mais, porque terão um exame preparado desde o seu início até chegar às mãos dos participantes com a melhor qualidade possível", disse a presidenta do Inep.

As inscrições começam na próxima segunda-feira (23) e prosseguem até 10 de junho, apenas pela página do Inep na internet. As datas do exame foram confirmadas para os dias 22 e 23 de outubro.

A partir do ano que vem, o Enem terá duas edições por ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo. A primeira edição de 2012 já está confirmada para os dias 28 e 29 de abril.

Últimas Notícias

Ver mais
Novo Ensino Médio: ministro reconhece falhas e procura relator dois meses após última conversa
Brasil

Novo Ensino Médio: ministro reconhece falhas e procura relator dois meses após última conversa

Há 3 horas

Prouni: MEC adia divulgação dos resultados da 2ª chamada para esta quarta; veja como consultar
Brasil

Prouni: MEC adia divulgação dos resultados da 2ª chamada para esta quarta; veja como consultar

Há um dia

Prouni 2024: resultados da 2ª chamada são divulgados nesta terça; saiba como consultar
Brasil

Prouni 2024: resultados da 2ª chamada são divulgados nesta terça; saiba como consultar

Há um dia

Comissão do Senado chama Camilo Santana para explicar falhas no Sisu
Brasil

Comissão do Senado chama Camilo Santana para explicar falhas no Sisu

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais