Brasil

Em maior leilão de transmissão da Aneel, State Grid arremata lote de Maranhão, Tocantins e Goiás

O Lote 1 prevê a entrega de aproximadamente 1.468 quilômetros de linhas de transmissão em corrente contínua, atravessando três estados

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 15 de dezembro de 2023 às 10h56.

Última atualização em 15 de dezembro de 2023 às 13h59.

No megaleilão de transmissão da Agência Nacional de Energia (Aneel) na manhã desta sexta-feira, 15, a empresa chinesa State Grid arrematou sozinha o lote 1 por R$ 1,936 bilhão, com deságio de 39,9% sobre o valor máximo de R$ 3,2 bilhões.

Como mostrou a EXAME, os chineses eram favoritos para o leilão em um cenário em que empresas tradicionais no setor, como Cteep, Engie e Cemig, ficaram de fora da disputa. O lote recebeu também propostas da Cymi, Construções e Participações e Consórcio Olympus, formado por Aluar e Mercury Investiments.

O lote 1 prevê a entrega de aproximadamente 1.468 quilômetros de linhas de transmissão em corrente contínua, atravessando os estados de Maranhão, Tocantins e Goiás, além de construção de subestações conversoras.

A função do empreendimento, segundo o Ministério de Minas e Energia, é de aumentar a capacidade da interligação entre as regiões Nordeste/Centro Oeste para escoamento de excedentes de energia da região Nordeste. A estimativa é de criação de 30.218 mil empregos diretos. 

A companhia terá que desembolsar R$ 18,1 bilhões em investimentos para entregar o projeto. O prazo de conclusão será de 72 meses, o mais longo já concedido pela Agência, devido ao porte e à complexidade da obra.

Olympus arremata lote 2 com deságio de 47%

O Consórcio Olympus, formado pelas Alupar e Mercury Investiments, arrematou o lote 2 do leilão de transmissão por uma RAP de R$ 239,5 milhões, com deságio de 47% sobre a receita máxima de R$ 451,9 milhões. O lote também recebeu propostas da Eletronorte (subsidiária integral da Eletrobras) e Mercury Investiments e FIP Warehouse.

O projeto prevê a construção de 1.102 quilômetros de linhas de transmissão para expandir as interligações regionais e da capacidade de exportação da região entre os estados de Goiás, Minas Gerais e São Paulo. O prazo de construção é de 66 meses, com investimento previsto de R$ 2,59 bilhões.

Celeo Redes arremata lote 3 com deságio de 42,39%

A empresa Celeo Redes arrematou o lote 3 do leilão de transmissão por R$ 101,2 milhões, com um deságio de 42,4% em relação ao valor máximo de R$ 175,6 milhões.

O lote teve disputa no viva-voz entre Celeo e Eletronorte, subsidiária da Eletrobras, com 19 lances até o resultado final. Foram recebidas ofertas também da Acciona e Consórcio Olympus, composto por Aluar e Mercury Investiments.

A empresa terá que investir R$ 1 bilhão para construir 388 quilômetros de linhas de transmissão nos estados de Minas Gerais e São Paulo. O projeto tem como objetivo expandir as interligações regionais e da capacidade de exportação das regiões Norte e Nordeste. Serão gerados mais de 2 mil empregos durante a fase de construção que deve durar 60 meses.

Maior leilão da Aneel termina com deságio médio de 40,85%

O leilão terminou com todos os lotes arrematados, com deságio médio de 40,85%. Considerando os três lotes em disputa, os investimentos somam de R$ 21,7 bilhões. Os lotes envolvem a construção de empreendimentos em cinco estados – Goiás, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins. Os prazos de construção variam entre 60 e 72 meses, e a expectativa é de geração de 36,9 mil empregos. São 4.471 quilômetros em linhas de transmissão e seccionamentos e de 9.840 megawatts (MW) em capacidade de conversão nas subestações.

Acompanhe tudo sobre:Energia elétricaAneel

Mais de Brasil

Remessas de até US$ 50 batem recorde e chegam a 16,6 milhões antes de volta da taxação

Irmã de Juscelino Filho também é indiciada pela PF em inquérito sobre suposto desvio de emendas

O que diz o projeto de lei que equipara aborto após a 22ª semana a homicídio

Previsão do tempo Campo Grande: fim de semana terá clima quente e estável

Mais na Exame