Brasil

Deslizamentos em Natal já provocaram interdição de 110 casas

Deslizamentos de terra em Natal provocados pelas fortes chuvas deixaram 110 casas interditadas até o momento, de acordo com a Defesa Civil


	Destruição causada por deslizamento em Natal: cidade voltou a ter chuvas fortes ontem
 (Toru Hanai/Reuters)

Destruição causada por deslizamento em Natal: cidade voltou a ter chuvas fortes ontem (Toru Hanai/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de junho de 2014 às 14h31.

Brasília - Os deslizamentos de terra em Natal provocados pelas fortes chuvas deixaram 110 casas interditadas até o momento, das quais 36 foram destruídas, nas ruas Guanabara e Atalaia, no bairro Mãe Luíza, o mais prejudicado, segundo a Defesa Civil.

As famílias que tiveram que deixar suas casas estão em casas de parentes e abrigos públicos.

A cidade voltou a ter chuvas fortes ontem (23), quando quatro casas desabaram de madrugada, após mais um deslizamento de terra no mesmo bairro.

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia para hoje (24) é tempo nublado, com chuva.

No momento, não chove na capital potiguar, que será palco do jogo entre Itália e Uruguai, às 13h, último jogo do Estádio das Dunas nesta Copa.

Segundo o diretor do Departamento de Defesa Civil de Natal, Eugênio Soares, a prefeitura já começou o trabalho de contenção das encostas por meio da construção de barreiras de concreto para evitar novos deslizamentos.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, o aterramento da cratera aberta na Rua Guanabara também já foi iniciado.

Com isso, cinco casas que estavam condenadas não serão mais demolidas.

A prefeitura também informou que fará o reforço estrutural das residências e a reconstrução do sistema de saneamento e de drenagem nas áreas afetadas pela chuva.

Acompanhe tudo sobre:cidades-brasileirasDeslizamentosNatal (RN)Rio Grande do Norte

Mais de Brasil

Quem é Mello Araújo, anunciado como vice de Nunes em São Paulo

Lula anuncia R$ 194 milhões para construção de 1,3 mil casas no Piauí

Justiça Federal homologa acordo para preservação da Cinemateca

Nunes e Tarcísio confirmam ex-chefe da Rota indicado por Bolsonaro como vice

Mais na Exame